Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

Chega de planear as leituras

Largar todos os desafios literários. É isso. Sem programação. É esse o plano. Ler o que apetece, ler o que me agrada. Sem planeamento. Vai ser assim a partir de hoje. Sem correrias, sem números, sem pressas. Quero ler o que me apetece quando terminar um livro. Quero ler. Só isso. Sem a pressões. De acordo com o tempo, a vontade, o momento. O único desafio literário que não vou largar será o desafio que amo de paixão: 12 Livros, 12 Receitas. Já ando a preparar o desafio deste mês, será uma receita russa, pois li Ana Karenina do russo Tolstoi. Vou parar com o pote da sorte porque não tem dado certo. Acabo por nunca ler nada do que calha. Vou continuar a participar em maratonas literárias porque são de acordo com os meus gostos e velocidade. Vou continuar a fazer vídeos, a ler com gosto, a ler os outros blogs, a fazer as minhas compras mas agora sem planeamento. Vou viver a vida como tem de ser vivida. Ao sabor do vento. Vou aproveitar ao máximo a minha estante, os meus livros. Se apetecer vou à biblioteca. Se apetecer vou ler no Kobo. Vou parar de fazer listas e listas de desejos literários. Vou parar de comprar livros que não vou ler já já. Ou então, vou comprar os que quiser. Será assim. 

Um pouco de cinema com "Café de Flore"

Vi o filme de madrugada, numa daquelas noites de insónia. No final, não consegui adormecer devido ao impacto que o filme teve em mim.
A história é fora do comum, nunca tinha visto nada parecido. Duas histórias que à primeira vista nada parecem estar ligadas, o final desmente. A primeira história passa-se em 1969, é a vida de uma mulher com um filho com síndrome de Down. A outra história passa-se na actualidade com um dj.
Garanto-vos que é arrepiante, e muito muito muito bom. Entrou para o meu top de preferências de sempre. E mais não digo. Se gostam de cinema este filme vai agradar-vos. Se foram pais recentemente vão ficar arrepiados até à espinha.

Nem sempre é culpa do livro

Ando a ler uma livro há muito tempo. Trago-o dentro da mala. Vai comigo para a esplanada. Quando troco de mala, não me esqueço de colocar o livro. Quando chego a casa coloco-o em cima da cama. Por cima da manta de pêlo branco. Leio uma página aqui, outra acolá. Nunca consigo ler mais cinco páginas. Há muito tempo que não lia um livro de Joanne Harris. Gosto da escrita dela. Este é completamente diferente do livro "Chocolate". Gostei tanto, assim como do filme. Este livro tem como protagonista uma rapariga que faz magia. É um livro virado para o fantástico. Estou a gostar apesar da falta de tempo. A demora nem sempre é culpa do livro ou do leitor. Por vezes, é só culpa da vida apressada. 

Pág. 1/2

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com
guia-de-viagem-skyscrapper

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D