Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

NÃO É UM DIÁRIO | MARÇO

InstaFit_20180331_15575529.jpg

 

Mês gigante, frenético e cheio de muita coisa para fazer. Gostei bastante do meu mês de março. Teve um ou dois percalços, mas uma pessoa ergue a coroa e segue em diante. Vamos la fazer uma viagem pelos últimos trinta dias.

 

Conclui com sucesso o curso de gestão de tempo. Aprendi bastante e estou ansiosa para partilhar convosco algumas dicas. Portanto, vamos ter aqui algum conteúdo sobre o assunto. Foi um bocadinho cansativo conjugar o outro curso com este, mas valeu a pena. Entretanto, estou de férias da Pascoa e tenho aproveitado para fazer outras coisas. 

 

Aconteceu o encontro do Clube dos Clássicos Vivos. Adoro falar de livros, conhecer pessoas novas e ter estes momentos. Rever as pessoas dos livros é uma lufada de ar fresco nos meus dias. Foi o encontro com mais pessoas depois do encontro da feira do livro. Ainda tivemos a companhia dos livros oferecidos pela Guerra & Paz. Também planeámos os próximos encontros, assim como as novas votações. 

 

Cheguei ao 3500 subscritores no canal A Mulher Que Ama Livros. Estou a fazer cinco sorteios no Instagram para todos os leitores e subscritores do canal para celebrar. As pessoas entenderam as mudanças do blog e do canal. Fiquei tão contente. O feedback tem sido bom, estou a fazer do meu blog/canal algo de acordo com o que eu gosto e crescimento. Estou e sou todos os vídeos e textos que produzo. Na semana passada fiz um inquérito para entender o que esperam do canal. Anotei cada sugestão e dica. Planeei o mês de abril de acordo com as respostas. Obrigada a quem participou!

 

Mudei o corte da cabelo, o quarto, comecei o meu jardim doméstico. Voltei a cozinhar, a fazer exercício, meditação. Também voltei a escrever (apesar de só ter uma pagina). Foi graças ao #6amclub depois de ter lido "Manhãs Milagrosas". Ainda criei o desafio Primavera, o que me ajudou a explorar os trabalhos manuais, a cozinha, o mundo. Como estou contente com estas pequenas vitórias pessoais. Sinceramente, acho que devemos ficar contentes por partilhar momentos que inspiram os outros, e encontrar na felicidade dos outros alguma inspiração. Março foi assim. Tive longas conversas com pessoas que admiro. Visitas de quem amo.

 

E quanto estava perfeitamente em equilíbrio, aconteceu algo que abalou a minha serenidade mental. Todavia, é importante para mim desabafar, chorar o que tiver de chorar e não ter medo de procurar ajuda. Algo que não faria há uns meses atrás, mas decidi mudar isso. Mesmo que a ajuda seja recusada, mesmo que não tenham tempo para ouvir as minhas lamentações. Fico atenta aos pormenores e escuto o que a energia do mundo me quer dizer. Algo que aprendi ao longo destes anos é que não devo massacrar-me com as atitudes dos outros. Deixa, era só uma mensagem. Nos primeiros dias custa muito, mas vai passando. Como no fim dos relacionamentos, como nas despedidas eternas. Lidar com a falta de carácter dos outros é um trabalho diário. Felizmente tenho amor próprio, conheço o meu valor. Não quero imaginar as pessoas que passam por situações piores que não têm a noção do que merecem. Depende do que procuramos no mundo, as respostas chegam a nós. E iniciar este desafio de trinta dias foi uma ajuda preciosa. Está tudo interligado!

 

Poupanças. O dinheiro das poupanças têm outro destino. No entanto, tenho conseguido poupar e equilibrar tudo. Acho que gastei bastante em saúde (eu e filhos). Acho que podia ter evitado algumas compras no supermercado. Mas não vale a pena lamentar. Nunca mais voltei a comer em cafés ao pequeno-almoço. O que é uma vitória. Por outro lado, tenho ia almoçar e jantar a novos restaurantes. Também fui duas vezes ao cinema em pouco espaço de tempo. Comprei uns livros novos. Acho que vou ter de comprar um telemóvel novo e não me apetece muito, mas este está com dificuldades para carregar. Também investi no meu curso de gestão de tempo, mas valeu a pena. 

 

O que quero mudar no próximo mês? Quero levar para abril tudo o que comecei em março. O desafio #6amclub está quase a terminar, quero chegar ao fim com satisfação e novos hábitos. Também pretendo colocar em prática o que aprendi no curso de gestão de tempo. 

 

O que mais me fez feliz este mês? A ida à praia com a minha familia. Os momentos só nossos. As conversas inspiradoras. A troca, as partilhas, as aprendizagens. Comida bom, receitas novas e as resposta dos leitores ao inquérito que eu fiz no instastories. 

 

Uma música Naked, James Arthur

Um videoclip Never Enought, Davina Michelle

Uma iniciativa PNL 2018

Um canal Vegana Bacana

Uma mulher Inês Pimentel

 

goodreads twitter instagram facebook newsletter

 

RECEBIDOS DE MARÇO

 

Neste vídeo mostro todos os livro recebidos ao longo do enorme mês de março. Tenho muitas novidades. Diz-me qual é o livro que mais desperta o teu interesse.

Livros mencionados:
Querida Ijeawele - Como Educar para o Feminismo, Chimamanda
36 Perguntas Que Me Fizeram Gostar de Ti, Vicky Grant
A Regra dos 5 Segundos, Mel Robbins
Histórias em Verso para Meninos Perversos, Roald Dahl
A Vida é Um Tango, Cristina Norton
O Sétimo Véu, Rosa Lobato Faria
Contos Escolhidos, Kafka
O Medo, Stefan Zewig
As Sombras de Leonardo da Vinci, Christian Gálvez
A Pitada do Pai, Rui Marques
O Bebé que fez uma birra, Rui Zink
Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes 2, Elena Favilli
Tudo é Possível, Elizabeth Strout
A Última Travessia, Lone Theils
Lord Jim, Joseph Conrad
A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, Julio Verne
Food Pharmacy,Lina Nertby Aurell e Mia Clase
Perdido e Achado, Stephen King

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

TAG | MARÇO FEMININO

InstaFit_20180328_17531382.jpg

 

 

Deixei para o final do mês porque tinha a certeza que teria novas sugestões após as leituras dedicadas ao Março Feminino. Não gosto de me repetir, talvez por isso evite responder a TAGs, mas esta é diferente. É criativa, tem conteúdo, para além disso foi criada pela Sandra, do Say Hello To My Books. Adoro.

 

Tentei escolher livros pouco falados por aqui, tentei não repetir algumas respostas dadas por mim e por outras bloggers, mas foi difícil (não é Alexandra? algumas respostas dela, podiam ser as minhas, é a blogger com quem mais me identifico a nível dos gostos literários).

 

Que todos os anos se celebre o Março Feminino, que sejam lidas muitas mulheres e partilhadas várias sugestões! 

 

1. Aqueles dias do mês - Um livro que os homens nunca vão perceber.

 

“Um Quarto Só Para Si”, Virgínia Woolf

Acredito que todos os leitores conseguem entender a mensagem deste livro. Este livro ou qualquer outro. Aliás, preferia que alguns homens lessem este livro para descortinar algumas questões ligadas à luta pela desigualdade de género. Um quarto só para si é um grito sufocado, em nome de todas as mulheres, pela sociedade que insistia em colocar as mulheres num papel ingrato e os homens num lugar dominante. Para escrever, as mulheres precisavam de um quarto só para si, e romper com diversos preconceitos. Este livro é o primeiro passo, dado pela Virgínia Woolf, em colocar os pontos nos is sobre as necessidades criativas das mulheres, e transmitir uma mensagem que as mulheres para além de entenderem, sentem.

 

2. Filha da mãe da depilação - Um livro que te arrepia só de pensar.

 

“Vozes de Chernobyl”, Svetlana Alexievich

Estava indecisa. Vários livros contam episódios da história mundial com foco no sofrimento, maus tratos ou violência. Tantas opções podiam estar nesta resposta. Decidi escolher um livro que aborda o desastre nuclear em Cherbonyl, por ser pouco comentado. Milhares de mortes, idosos que tiveram de abandonar os seus lares, grávidas que deram à luz crianças deformadas tal o impacto das radiações da explosão. Foi o primeiro livro que li da autora e me levou às lágrimas.

 

3. Aquele batom vermelho que dá um up a qualquer look - Um livro que te pôs bem-disposta/o num dia cinzento 

 

“Mulheres”, Carol Rossetti

É um trabalho magnifico por parte da Carol Rossetti. Um livro que vou oferecer à minha filha, às minhas irmãs e amigas. Um livro que traz todo um espírito descomplicado. Podemos amar o nosso corpo como é, podemos amar quem quisermos e ser como e o que quisermos. Li o livro durante o projeto mais fantástico deste mês, Março Feminino (que por acaso é da autora desta TAG).

 

Extra

“Não Sou Esse Tipo de Miúda”, Lena Dunham

Este livro foi escrito pela criadora, produtora e protagonista da série Girls. Numa abordagem muito divertida, este livro traz reflexões de quem está a crescer e encontra o fantástico mundo dos adultos. Sem filtro, num mundo particular e feminino, este livro não sendo uma grande obra está muito perto de uma conversa com a melhor amiga. Dá aquele ânimo em dias mais chatos.

 

 4. Cérebro Feminino - Um livro que parecia confuso, mas acabou por fazer muito sentido.

 

“Beloved”, Toni Morrison

A escrita intrincada e os temas abordados não permitiram uma leitura fluida. Nada me preparou para este livro. Precisei abrandar o ritmo, ficar em silêncio absoluto para absorver a sua escrita e a mensagem. Livro cruel sobre o racismo escrito de uma forma muito visceral. Numa realidade completamente diferente da minha, este livro foi confuso e pediu muita dedicação. No entanto, valeu totalmente o esforço. Leiam. Preciso de ler o outro livro da autora que tenho na estante.

 

 

5. "Mulheres não percebem de futebol, nem gostam de cerveja" - Um livro que vomita clichés. 

 

“Um Final Feliz”, Annie Darling

Uma mulher com um sonho, recuperar uma livraria em falência. Um homem que se acha o mais bonito e simpático. Não é, é só arrogante. Uma paixão entre os dois. Personagens estereotipados, situações muito comuns de uma comédia romântica. O título diz tudo. Leve, para dias de praia. Salvou-se, no meio dos clichés, a dedicação e o amor da protagonista pelos livros.

 

6. Mini-saia - Um livro curto, mas bom. 

Karen”, Ana Teresa Pereira

 Conheci a escrita da autora o ano passado e fiquei muito curiosa com este título. Recomendo para um primeiro contacto com os livros da escritora. Tem os elementos necessários para uma história muito cativante. Uma mulher com perda de memória após um acidente, acorda numa casa desconhecida. Um suposto namorado que está ansioso pelo aniversário dela devido a uma herança. Uma empregada muito suspeita. Uma cascata como pano de fundo do acidente. Como termina esta história? Será que ela perdeu mesmo a memória? Leiam. Vale a pena. Sobretudo se gostam da história do clássico “Rebecca”, Daphne du Maurier.

 

7. Bolsa de Mulher - Um livro com muita coisa dentro, que te provocou várias emoções. 

 

Tetralogia, de Elena Ferrante (todos os seus livros)

A série está quase a chegar, a historia é incrível e provoca várias emoções devido à complexidade das personagens. São muito reais, dentro dos defeitos, escolhas e emoções. A história de Lila e Lena é talvez a minha preferida no mundo inteiro. Aquela em que penso várias vezes. Aquela que gosto de recomendar a toda a gente, com um pedacinho de inveja porque vão começar e eu já terminei. Ferrante escreveu sobre mim, sem saber. Muito grata. Até fico com um brilho nos olhos de me lembrar e vontade de reler.

 

8. Mrs. Always Right - Como as mulheres têm sempre razão, escolhe um livro que aconselhas a toda a gente.

 

Rebecca, Daphne Du Maurier

Este livro foi tão impactante para mim que fico em pulgas para saber a opinião dos outros quando o começam a ler. É um clássico, não é enfadonho e tem descrições belíssimas assim como uma história que prende do inicio ao fim. Não deu para largar sem chegar ao fim. Não dá para ficar indiferente à qualidade de escrita desta mulher.

 

9. Mas porque é que tenho que gostar de cor-de-rosa? - Um livro que toda a gente gosta, menos tu!

 

“A Rapariga no Comboio”, Paula Hawkins

Foi difícil de encontrar um livro muito apreciado que me tenha desiludido, mas assim que bati os olhos neste livro dei como encerrada a resposta. Este livro ainda é usado como referência para os thrillers publicados depois. Ganhou adaptação cinematográfica. Um livro campeão de vendas. No entanto, achei pouco surpreendente. Adivinhei o assassino nos primeiros capítulos e não o acho merecedor de tanta popularidade.

 

10. Sutiã nosso de cada dia - Um livro que te incomodou ou um livro que foi um alívio chegar ao fim.

 

A Casa com Alpendre de Vidro Cego, Herbjorg Wassmo

Um romance do ponto de vista de uma criança abusada sexualmente de um tio. É o assunto mais difícil, contado de forma muito sensível e intensa. Tenho pena que a continuação não tenha saído como estava prometido. É por essas e por outras que não gosto de começar uma série sem os outros livros publicados. Esta autora nasceu na Noruega, é pouco conhecida por cá, mas já tem vários títulos publicados. Adorava ler mais livros dela.

 

 

11. Ir à manicure - Toda uma curiosidade sobre um livro que anda na boca do povo, mas ainda não leste. 

 

Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes 2, Elena Favilli

Preciso de ler este livro! A edição é maravilhosa, a mensagem é poderosa. Tem tudo para me agradar. Já repararam que anda por aí uma vaga de livros dedicados a mulheres. E ainda bem. Podem vir mais.

 

12. Fitas e lacinhos - O livro mais girly que já leste.

 

"O Meu Livro de Estilo", Gabriela Pinheiro

O livro é escrito de uma forma muito divertida, num tom muito próximo de uma conversa entre duas amigas. Cheio de imagens lindas e conselhos muito úteis na hora de transformar o nosso estilo ou guarda-roupa. A Gabriela Pinheiro defende que "não deves usar tudo só porque é moda". Deve existir uma selecção da nossa parte e amigos sinceros por perto. 

 

 13. Girl Power - Uma autora que é uma mulher do caraças. Explica porquê. 

 

Emma Reyes

Esta mulher passou por várias dificuldades. Pego nelas, embrulhou-as em veludo e fez da sua história uma história de sucesso. Pintora colombiana, marcada por uma vida intensa e sem apoio familiar. Há algo mais inspirador do que histórias de empoderamento? Quando li o seu livro de memórias fiquei a admirar o seu trajeto e força. 

 

14. Mulheres nos livros - Indica três livros com personagens femininas fortes.

 

A minha vontade era responder a esta TAG com títulos escritos por mulheres, mas foi aniquilada com esta questão. Vou escolher todos os livros de George RR Martin. Para mim, mulheres fortes na literatura estão o mais perto da realidade possível. Têm qualidades e defeitos. Agem por impulso ou de acordo com os seus princípios. Fogem ao conveniente, rompem com preconceitos e lutam pelos seus interesses. Posto isto, temos um leme absolutamente genial criado pelo autor mais demorado de sempre. Sansa, Arya, Dany, Cersei, é apenas uma amostra. São sete livros em português.

 

15. Mulheres nos filmes - Indica três filmes com personagens femininas fortes. 

 

Mustang

Se me pedirem uma única recomendação é este que vou indicar. Por ser o meu preferido de sempre (este e mais uma mão cheia). Por ser poderoso e representar a realidade de muitas mulheres por este mundo fora. Motivos para veres este filme? A temática, beleza, representação, fotografia, tudo. Adorei todas as meninas, sobretudo a mais nova. Pequena heroína. Linda, fofa. Não quero contar nada sobre o filme, perde a piada toda.

 

Black Panther

Minha nossa, as mulheres deste filme são o melhor deste filme. Filme carismático com questões importantes e mensagens fulcrais numa sociedade machista e racista. Não via um filme de super-heróis tão bom desde o último do Batman. Sério! Obrigatório!

 

Hidden Figures

As mulheres podem ser cientistas, podem fazer calculas mega difíceis. Podem pertencer a um grupo de trabalho liderado por homens e fazerem a diferença. Este filme é necessário.  Fico mesmo contente que exista. Ri e chorei muito. Não podem perder.

 

Extra

As Serviçais

Outro filme preferido da vida. Nunca li o livro, mas o filme é espetacular. Uma história sobre o racismo, com momentos de humor. Mulheres corajosas, curiosas, com princípios vincados e movimentos transformadores. Um retrato americano da década de 60 que vale cada segundo.

 

 

 

CLARO QUE TINHA DE VIR AQUI

 

 

 

Hoje celebramos o Dia do Livro Português. Qual é o propósito desTe dia? Neste vídeo faço a minha homenagem, mostro todo o meu amor pelos livros portugueses. E que tal dares uma oportunidade à literatura portuguesa? Que tal descobrires o teu autor português preferido? Mostro-te cinco novidades maravilhosas com propostas muito diferentes. Não te esqueças de me sugerir um livro português nos comentários. 

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

 

AS MINHAS RESPOSTAS AO DESAFIO + PEDIDO

 

Chegou a hora de responder ao meu próprio desafio. Exatamente, cinco perguntas, inspiradas no livro 36 Perguntas que Me Fizeram Gostar de Ti, da autora Vicky Grant. E ainda tenho um pedido para te fazer. 

 

Obrigada a todos os que já responderam, aguardo a coragem de mais leitores e seguidores. O vídeo do desafio é este: AQUI

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

A PITADA DO PAI | RUI MARQUES

share_295_180322130603.png

 

A semana passou chegou este livro, “A Pitada do Pai”, da editora Matéria-Prima. Adoro as edições desta editora, sente-se o cuidado em todos os trabalhos. O autor tem um blog com o mesmo nome, que eu desconhecia totalmente.

 

Normalmente compro livros de receitas, tiro uma ou outra ideia, mas volto a guardar e nunca mais pegar neles. Tenho vários encostados à prateleira, num espaço na cozinha, é raro mexer neles. Com este aconteceu o contrário, nunca mais o larguei, tem estado em cima da mesa da cozinha, na sala, na mala. Já fiz um total de cinco receitas, repeti algumas várias vezes. São todas muito fáceis e rápidas. Desta forma, tenho variado bastante nos pequenos-almoços, e incluído as receitas no meu dia a dia. São aquele género de receitas que posso usar e abusar porque são saudáveis e simples.

 

Neste momento, a receita de mais sucesso na minha cozinha é “Papas de Trigo Sarraceno e Quinoa”. É uma refeição quentinha e com um cheiro maravilhoso. Enquanto faço o meu ritual do #6amclub deixo o tabuleiro no forno. Fica pronto em trinta minutos.  Antes de ir para a cama coloco os ingredientes da receita no frigorífico a demolhar, de manhã é mais fácil. Faço um tabuleiro pequeno, como sobra sempre, aqueço e como em outras ocasiões. Não fico com aquela sensação desconfortável e pesada no estômago. É muito nutritivo e saudável.  A Francisca gosta e come um pouco comigo, o Gustavo prefere a mousse de chocolate saudável. Confesso que adoro as duas receitas. A mousse tem sido outra receita igualmente preparada religiosamente todos os fins de semana desde que tenho este livro. Já trouxe para o emprego com granola em cima.

 

Este livro é fantástico, tem sido uma lufada de ar fresco nas minhas receitas e na alimentação dos meus filhos. Tem imensas para explorar. Algumas são totalmente vegan, outras vegetarianas. Outra coisa que gostei muito é o facto de estar dividido pelas estações do ano, muito bem organizado. Facilitou imenso na escolha das receitas para esta altura do ano. Quentinhas e reconfortantes.

 

Com a chegada da Primavera vou começar a espreitar as outras receitas. Estou tão empolgada! Tenho partilhado pequenos momentos de cozinha no Instastories, algumas pessoas ficaram curiosas e já me pediram um vídeo sobre o assunto. Estou a selecionar algumas para vos garantir que é possível cozinhar de forma simples e rápida. Vou partilhar tudo, prometo.

 

Recomendo este livro para quem começa a dar passos pequenos na cozinha e pretende alterar hábitos. Também será uma ajuda preciosa para as mães. Podes comprar o livro AQUI.

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

RAPARIGA LENDO

 

 

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Poesia. Este dia não podia passar em branco. Rapariga, em Portugal é menina/mulher. Para não criar dúvidas, sei que muitos dos visitantes deste blog vem do Brasil. Espero que gostem, fiz a minha homenagem com carinho. O autor citado é Nuno Júdice, a edição é da Dom Quixote.  

 

Podes comprar AQUI

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

36 PERGUNTAS QUE ME FIZERAM GOSTAR DE TI | VICKI GRANT | + DESAFIO

 

Neste vídeo falo da novidade da Gailivro, "36 Perguntas Que Me Fizeram Gostar de Ti", da escritora Vicki Grant. Um livro para adolescentes, que acabou por me surpreender. Mas explico todos os motivos dessa surpresa no vídeo e ainda lanço um desafio baseado nesta história. São apenas 5 perguntas que podes responder nos comentários, no teu blogues ou até mesmo enviar por e-mail. És capaz de arriscar qual das perguntas está no romance?

 

Desafio  | 5 perguntas 

1 - Serias capaz de participar num estudo de psicologia deste género?

2 -  Se pudesses convidar qualquer pessoa no mundo inteiro para jantar qual seria?

3 - Quando foi a última vez que cantaste? Já agora, revela a música. 

4 - Qual é tua memória mais marcante e antiga relacionada com os livros?

5 - Se só pudesses oferecer um único livro durante toda a tua vida, qual seria?

 

 

Podes comprar AQUI ou AQUI

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS | EM LISBOA

 

29261168_10156414914133783_3423744840842608640_o.j

 

Não podia deixar de registar o dia de mais um encontro do Clube dos Clássicos Vivos. Um encontro inspirador que me mantém alinhada de acordo com a minha grande paixão, a literatura. Aconteceu num lugar inusitado, no Fórum Tivoli, em Lisboa. Teve problemas técnicos, sem live. Alguns acontecimentos inesperados. Todavia foi o segundo encontro com mais pessoas, duas leitoras novas que prometem regressar. 

 

Desta vez optei por levar algumas perguntas surpresa para o clube, de forma a debatermos alguns pontos. Achei divertido e pretendo continuar. Também foi decidido incluir só títulos da colecção maravilhosa da Guerra e Paz. A editora está connosco desde o inicio, neste encontro ofereceu livros para todas as participantes. Foram quinze títulos maravilhosos, que fez a alegria de todas. 

 

IMG_4110.JPG

 

Quando ao clássico escolhido, "Jane Eyre", a maioria gostou. Algumas não gostaram do inicio, outras do final. A mensagem que retirámos do livro foi muito parecida. Algumas recomendam o livro para os adolescentes, outras nem por isso. Quanto à escrita a opinião é unânime, simples e fácil. 

 

É sempre muito bom trocar impressões relativas às nossas leituras e não deixar morrer os clássicos, que cada vez mais são postos de lado pelos adolescentes, mas que podem muito bem ser leituras leves e entusiasmantes. Porém, considero necessárias. Este clube continua a visitar lugares diferentes a cada encontro, a procurar chegar a mais pessoas. Fico feliz quando alguém diz: se não fosse este clube eu não lia clássicos. 

 

Obrigada a todas! Obrigada quem veio de longe para participar. Um especial agradecimento à Guerra & Paz que vai continuar a fazer parte das nossas próximas votações. A próxima é dia 20 de Abril. O clássico de Março e Abril é "Frankenstein", da Mary Shelly. O encontro será na Feira do Livro. 

 

28701390_942134355967141_150152397321949_o.jpg

 

 

INSPIRAÇÃO COM A PRIMAVERA

Projeto Primavera.jpg

 

 

Mesmo antes de abrir os olhos escuto os barulhos da rua. O chilrear dos pássaros, o som da chuva e do vento. Gosto de espreitar a janela enquanto bebo o meu copo de água e preparo a minha rotina matinal. Sinto que as minhas necessidades estão ligadas ao fluxo do universo. Mas não foi sempre assim. Normalmente consigo manter esta conexão durante o verão, mas nos meses mais frios afasto-me bastante deste ritual que tanto adoro.

 

Gosto de estar no meio da natureza, respirar ar puro. Sou menina para acampar, andar de chinelo no pé e desfrutar das férias no campo. Também sou menina da cidade, explorar jardins, encontrar a cultura e lugares para comer bem. Tenho espirito aventureiro, quero viajar muitos nos próximos anos. Gosto de parar cinco minutos para olhar o céu e sentir-me grata por estar viva. Confesso que ando cheia de vontade de fazer um retiro ou um encontro no meio da Natureza com outras pessoas. Alinhavam?

 

A Primavera começa no dia 20 de março pelas 16 horas. Juntamente com ela podemos criar laços com a Natureza e encontrar algum equilíbrio dentro da sua energia. Dar aquele travão necessário, relaxar, respirar fundo. Uma forma infalível para lidar com o stress. É exatamente isso que estou a precisar. Esta conexão faz parte da minha jornada.

 

Decidi aliar um projeto ao #club6am. Mas toda a gente pode fazer. Chama-se Projeto Primavera. É como uma lista inspiradora para os vossos dias aliada à chegada da Primavera. Cada passo está relacionado com um momento leve, ligada à natureza e à sua essência. Quem sabe não levem estas mudanças para o resto da vida ou encontram opções que desconheciam. Estou otimista, acho que alguns pontos me vão desafiar e trazer a oportunidade para descobrir facetas que desconheço.  

 

Vou focar a minha atenção nestes pontos ao longo desta estação, sobretudo ao longo dos trinta dias do #club6am. Mantenho alguns hábitos comigo desde sempre, outros estou a adquirir e outros quero começar a integrar e ver o que encontro.

 

Preciso de sair mais de casa ao longo do dia, após o trabalho. Preciso de aprender a gerir o stress, limpar a mente. Preciso de ser consistente nas minhas escolhas porque sou mais equilibrada dessa forma. Nada melhor do que abraçar a chegada da Primavera com afeto.

 

 

 

Projeto Primavera

 

Natureza | cuidar ou plantar uma planta

Meditação | cinco minutos de meditação

Alimento | uma refeição colorida e saudável

Diário | escrever pedaços do teu dia

Gratidão | agradecer o que tens

Afirmações | palavras de positividade

Olhar | reparar no que nos rodeia

Desconetar | sem tecnologias

Leitura | ler um livro

Ar Livre | explorar o campo

Mãos | trabalhos manuais

Som | apreciar os sons matinais

Cheiro | encontrar um cheiro reconfortante 

Caminhar | explorar um lugar desconhecido

Perdão | libertar a culpa

Renascer | dormir cedo e acordar cedo

Sustentabilidade | amigos do ambiente

 

Este projeto foi inspirado pelo livro Regenerar, do Lourenço de Azevedo e no livro Manhãs Milagrosas, de Hal Elrod.

 

 goodreads twitter instagram facebook wook

Pág. 1/3

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com

NAS LIVRARIAS

Wook.pt - Organize a Sua CasaCOMPRAR LIVRO
leituras-verao-skyscrapper
apoio-escolar-pnl-skyscrapper

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D