Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

amulherqueamalivros

ANTESTREIA COM UCI - EL CORTE INGLÊS | "A SOCIEDADE LITERÁRIA DA TARTE DE CASCA DE BATATA"

 

Ontem fui à antestreia do filme "A Sociedade Literária da Tarte de Casca de Batata" no El Corte Inglês. O filme estreia hoje nas salas de cinema portuguesas. Para quem não conhece, é a adaptação de um romance das autoras Mary Ann Shaffer e Annie Barrows. Um romance epistolar publicado em 2010 pela Suma de Letras. Ganhou uma capa nova alusiva ao filme como é habitual com a estreia do filme. 

 

Antes do filme, um welcome drink com Gin Sharish e um Tarte de Batata pelo chef Rodrigo do Castelo. Maravilhoso! O evento estava cheio de pessoas lindas e simpáticas. Deu para colocar a conversa em dia com a Marta Chan, a melhor companhia. 

 

O filme prolonga-se ligeiramente sem necessidade, mas valeu muito a pena. Não posso ainda fazer as comparações com o enredo do livro porque ainda só li 51 páginas, mas encontrei por enquanto várias diferenças. No entanto, adaptação à parte, o filme é muito divertido e emocionante. Quando terminar falo melhor sobre isso.

 

A história passa-se durante a ocupação nazi durante a segunda guerra mundial em Inglaterra e o pós guerra, com um contexto social que acho muito interessante. E não é mais do mesmo. É original e encantador. A protagonista é uma escritora chamada Juliet que acaba por descobrir um clube literário muito especial em Guernsey através de uma troca de cartas com um dos membros. Curiosa, larga a sua vida para ir conhecer o Clube Literário da Tarte de Casca de Batata. E vai encontrar uma história extraordinária! Não vou revelar nada de nada para serem apanhados de surpresa também. 

 

Adoro filmes/livros sobre livros, escritores, livrarias e clubes literários. Não consigo resistir. Surpreendi-me bastante com o enredo e com as personagens. As mulheres desta história são extraordinárias (com excepção da empregada da pensão). Lutam pelos seus princípios, corajosas, e apesar de cometerem erros têm a capacidade de admitir e voltar atrás. O romance é muito ressaltado e não sendo o melhor do filme, acabou por me cativar.

 

Recomendo, emocionante e divertido. 

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D