Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

18 DICAS PARA ESCREVER UM LIVRO

IMG_20180216_104729.png

 

Dicas e conselhos nunca são suficientes se provocarem boas energias e incentivo. Sendo assim, tragodezoito dicas para quem quer ser escritor e está disposto a trabalhar para isso. Espero que sejam úteis e te inspirem para começar.

 

Estes conselhos foram retirados do livro Escrever: memórias de um ofício, de Stephen King. O livro foi editado pela Temas& Debates em 2001, encontra-se esgotado neste momento. Vamos torcer para ser reeditado.

 

Stephen King é um escritor americano, conhecido pelos seus livros de horror fantástico e ficção. Já vendeu quase 400 milhões de cópias e foi publicado em mais de 40 países. Várias obras foram adaptadas ao cinema. Tem mais de 40 obras editadas.

 

Adorei este livro, fiquei super entusiasmada para partilhar convosco. Precisei de resumir e escolher, dentro das dezenas, apenas dezoito dicas. Tem muito mais e recomendo imenso este livro para quem pretende escrever um livro. Ou para quem gosta de livros sobre o tema. É um dos melhores dentro do género. Espero que consigam encontrar numa biblioteca ou num alfarrabista. Vale muito a pena.

 

 

 

Vamos à lista. 18 dicas para escrever um livro. 

 

- As ideias para as melhores histórias aparecem do nada. O teu trabalho não é encontrar ideias, é reconhecer quando elas aparecem.

 

- Escreve com a porta fechada, reescreve com a porta aberta. Em outras palavras, escreve como se fosse só teu e para ti, mas não te esqueças que depois o texto pertence a quem vai ler ou criticar. Tens de estar preparado.

 

- Escrever é um trabalho solitário. Ter alguém que acredita em ti faz toda a diferença. Não precisam de fazer discursos motivacionais. Basta acreditar.

 

- Parar uma história só porque ela é emocional ou criativamente difícil é uma péssima ideia. Precisas de ser persistente, mesmo quando não sentes vontade. Às vezes estás a fazer um bom trabalho mesmo quando parece estares sentado a não fazer rigorosamente nada de jeito.

 

- Podes encarar o ato de escrever com nervosismo, animação, esperança ou até desespero — aquele sentimento de que nunca será possível pôr na página tudo o que está no teu coração e na tua mente. Encara a escrita como quiseres, menos levianamente. Repito: não encares a página em branco de maneira leviana.

 

- Uma das piores coisas que se pode fazer é tentar enfeitar o vocabulário ou usar palavras longas porque tens vergonha de usar as curtas de sempre.

IMG_20180216_105433.png

 

 

- Quanto mais ficção lês e escreves, mais rápido verás os teus parágrafos formarem-se. Quando estás a escrever um texto é melhor não pensares demais no inicio e no fim dos parágrafos. O truque é deixar a natureza seguir seu curso. Se depois não gostares, é só corrigires. Ou seja, reescrever.

 

- O objetivo da ficção é fazer com que o leitor se esqueça, sempre que possível, que está a ler uma história.

 

- O peso e o número de páginas, por si só, não indicam excelência. Muitas histórias épicas são uma porcaria da mesma forma que livros curtos nem sempre são bons.

 

- A boa escrita consiste em dominar os fundamentos (vocabulário, gramática, elementos de estilo) e depois colocar os instrumentos certos. Embora seja impossível transformar um escritor mau em um escritor competente, e embora seja igualmente impossível transformar um escritor bom em um incrível, é sim possível, com muito trabalho, dedicação e conselhos oportunos, transformar um escritor meramente competente em um bom escritor.

 

- É importante ler para experimentar a mediocridade; essa experiência ajuda a reconhecer esse tipo de coisa quando ela começa a infiltrar-se no teu trabalho. Também é preciso ler para te comprares aos bons e aos grandes, para ter uma noção de tudo o que pode ser feito. E também deves ler para ter contato com diferentes estilos.

 

IMG_20180216_104834.png

 

 

- Escreve até os dedos sangrarem ou os olhos quase caírem das órbitas. Não importa se ninguém está a ver ou a assistir.  Todo esforço é digno de aplausos, porque tu, como criador, estás feliz.

 

- Precisas de ler quatro a seis horas por dia, todos os dias — não vai parecer exaustivo se realmente gostares de fazer e tiveres aptidão para as duas coisas.

 

- Quando começares a trabalhar num projeto não pares, não diminuas o ritmo a menos que seja absolutamente necessário.

 

- Quando entrares no teu espaço de escrita e fechares a porta, já deves ter estabelecido uma meta diária.  Como acontece com os exercícios físicos, é melhor estabeleceres uma meta baixa, de início, para não ficares sem motivação. São recomendadas mil palavras por dia e uma folga por semana, pelo menos no início.

 

IMG_20180216_110101.png

 

 

- Não esperes pela musa de inspiração, trabalha muito diariamente. A musa aparece durante o trabalho e nunca antes.

 

- Não descrevas demasiado a aparência das personagens, deixa que seja o leitor a fornecer o rosto, o físico e as roupas. 

 

- Não deixes de acreditar em ti, mesmo quando os outros duvidam.

 

 goodreads twitter instagram facebook

A IMPORTÂNCIA DE UM BETA READER NA HORA DE ESCREVER UM LIVRO

IMG_20180131_120553.png

 

O que é um Beta Reader/ Leitora Beta?

É a primeira pessoa a ter contato com a tua obra/texto. Será a primeira pessoa a criar uma opinião crítica em relação ao teu livro. Pode acontecer durante o processo de escrita ou quando a obra está concluída. Todos podem construir uma opinião crítica em relação ao teu texto, no entanto um Beta Reader tem qualidades indispensáveis para avaliar o teu trabalho. Não sendo um corretor ortográfico é alguém que pode ajudar-te imenso. O foco dele é a opinião literária. Ele avalia o enredo, as personagens, os diálogos, a estrutura do texto, a criatividade, o desenvolvimento e a profundidade. Vai ao detalhe de todo o processo criativo. Fará um apanhado de tudo o que é necessário para melhorar o teu trabalho. Uma Leitora Beta é essencial para atingir a excelência.

 

Nada define a forma como o Beta Reader apresenta os resultados ao escritor. Cada Beta Reader tem a sua forma de trabalhar de acordo com a sua experiência. Necessita de ser acordado entre o leitor beta e o escritor antes de avançarem para a análise do texto, adaptado de acordo com as necessidades do escritor.

 

Um Beta é essencial para o escritor estar preparado para receber críticas sobre o seu texto. Mais tarde ou cedo isso vai acontecer, não é verdade? Se estiveres a escrever um livro e sentires necessidade de encontrar a voz narrativa ou precisares de alguma opinião imparcial procura um Beta Reader.

 

Para o teu trabalho como escritor não ficar comprometido de nenhuma forma o Beta Reader precisa de algumas qualidades indispensáveis. Na hora de escolhereres a primeira pessoa para entregares o texto precisas de ter em conta alguns pontos. Ele vai ajudar a lapidar o texto antes do restante processo para (auto) publicação. Precisas de ter cuidado e ser seletivo na hora de escolher o seu Leitor Beta. É o teu trabalho e dedicação entregue nas mãos de outra pessoa.

 

Quais são as qualidades de um Beta Reader/ Leitora Beta?

 

Confiável

Precisa de ser alguém em quem confies. Saibas à partida que não vai usar o teu texto de forma leviana ou divulgar o teu trabalho sem o teu conhecimento. Precisas de estar descansado para enviar o teu texto e ter uma relação baseada em confiança para trabalharem em conjunto.

 

 

Imparcialidade

Para teres uma opinião sincera precisas de alguém imparcial a ler o teu texto. Precisas que o Beta Reader não tenha receio de transmitir a sua opinião e dizer-te tudo o que pensa sobre o teu trabalho. A imparcialidade é bastante importante no trabalho de um Beta Reader para o resultado final ser o mais satisfatório possível. A imparcialidade constrói uma opinião sincera e atinge melhores resultados.

 

Experiência

Para um Beta Reader adquirir mais experiência necessita de muito contato com textos e processos criativos. Os conhecimentos adquiridos partem de muita leitura e uma visão critica. É alguém que lê bastante, conhece a estrutura de um romance assim como as qualidades de um bom desempenho criativo.

 

Disponibilidade

O processo criativo é alguém que requer tempo e dedicação. Para um resultado melhor o Beta Reader precisa de estar disponível para o escritor sempre que necessário. Tem de ser uma pessoa organizada e preparada para formar uma visão crítica sobre todo o texto. Tem de ter tempo para esmiuçar cada detalhe do texto apresentado.

 

 

 

Sou leitora desde os oito anos, tenho um canal literário dedicado à literatura desde agosto de 2012 e um blog com a mesma temática desde 2013. Sou Beta Reader desde o ano passado como freelancer. Resultante de vários pedidos por parte de aspirantes a escritor senti necessidade de dedicar parte da minha vida a esta tarefa ajudando assim vários criadores.

 

Antes de avançar com a prestação de serviços no âmbito da leitura beta realizava esta tarefa por passatempo há cerca de cinco anos. O ano passado precisei de tomar algumas medidas para conseguir dar resposta a todos os pedidos.

 

Tem sido um trabalho muito gratificante e de muita aprendizagem. Tenho tido contacto com escritores dentro de vários géneros literários com muita qualidade. Fico satisfeita por ver que a escrita em Portugal está bem de saúde e recomenda-se. 

 

Concilio o trabalho como leitora beta com o meu emprego a tempo inteiro, o curso de informática e a minha vida pessoal. Estou a estudar informática para especializar-me e atingir a excelência na criação de conteúdos e desenvolver mais qualidades. Acredito que podemos atingir aos nossos objetivos através de muita dedicação e trabalho.

 

Estou disponível para receber o teu trabalho e tratá-lo com profissionalismo. Para mais informações ou esclarecimentos envia-me um e-mail ou uma mensagem em qualquer uma das minhas redes sociais.

 

IMG_20180131_103818.png

goodreads twitter instagram facebook 

 

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com
guia-de-viagem-skyscrapper

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D