Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

DEPOIS DA ESCURIDÃO A LUZ | FILIPE PITEIRA

InstaFit_20171218_13450770.jpg

 

Filipe Piteira reinventou a forma de escrever uma autobiografia. Surpreendente e criativa. "Depois da Escuridão a Luz" é o seu mais recente trabalho lançado pelas Edições Vieira da Silva. 

 

Banhado em episódios reais e ficionados, raramente sabemos qual das duas é. Cada capitulo tem uma carta de tarot a representar uma determinada fase da vida do narrador. Começa com a carta Os Enamorados para falar sobre a sua infância e desenvolve sempre com a intenção de cruzar os seus significados. Capta o significado das cartas de forma inteligente e envolvente. Para quem tem um certo fascínio acaba por ter interesse em acompanhar a vida do narrador e em simultâneo fazer a mesma associação. Dei por mim a pensar na carta de tarot para o momento atual da minha vida.

 

Aborda as dúvidas, a relação com os outros e fama, as decisões e erros. Uma vida envolvida pela paixão pelo teatro e cinema.  Um menino decidido a abandonar a vida pacata e lutar pelos seus sonhos. Enfrenta medos, determinado segue os seus ideais. Inspirador! Comete erros e procura a rendição. A busca pelo perdão e um recomeço. Será que consegue? E como lá chega? 

 

 

"O quarto está cheio de livros espalhados, montanhas e montanhas de papéis, que se acumulam com o passar do tempo. Mas esta disposição das coisas, numa magistral desorganização, fez parte de uma opção. Era cómodo ter tudo jogado sobre a cama para substituir a presença de quem não voltaria jamais. Com o tempo, foi uma opção não desfazer as malas e, depois, outra opção não fazer mais nada. A disposição das coisas não deixa dúvida sobre os erros ao longo da vida."

 

Senti uma ligação com a história e as dúvidas expostas. O narrador toca em feridas abertas, expostas sem nenhuma máscara. No entanto, senti um toque dramático, característica preciosa para quem enfrenta os palcos e trabalha com as emoções. A narrativa recheada de contornos suaves e desviada pelos momentos amargos deixou-me emocionada até ao fim. Noto uma imensa maturidade e um desejo em crescer. Acredito que Filipe Piteira podia estar à frente de outros autores editados recentemente sem a mesma qualidade.  

 

Desejo muito sucesso e um vasto mundo de oportunidades ao Filipe Piteira.  

 

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com

ESTREIA 21 DE JUNHO

Resultado de imagem para a livraria

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D