Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

CAROLINA DESLANDES | CASA | UNBOXING

 

Neste vídeo faço o unboxing do mais recente trabalho da Carolina Deslandes, uma cantora portuguesa muito especial. Oiço um pouco do álbum Casa e falo um pouco sobre ele. Desta forma, pretendo dar a conhecer uma artista portuguesa que faz sucesso em Portugal. Espero que gostem! Entretanto, já tenho uma música preferido (excluindo A Vida Toda). 

A IMPORTÂNCIA DAS SPICE GIRLS NA MINHA VIDA

 

Quando soube do possível regresso das Spice Girl senti o ranger de uma caixa de memórias abrir. Lembro-me perfeitamente da importância que este grupo teve na minha vida. E ainda tem. Elas juntaram-se recentemente e partilharam uma foto nas redes sociais. Claro que logo surgiram os primeiros boatos do seu regresso aos palcos. E há mais, vão estar presentes no casamento do príncipe Harry com a linda Meghan após confirmação da própria Mel B num programa de boatos.

 

A primeira vez que ouvi Wannabe foi na casa da irmã de um amigo meu. A miúda mais gira da zona. Vi o videoclip passar no Top + e tentado gravar com uma cassete velha antes desse momento. Como eu desejei aquele CD! Mais tarde outras amigas compraram o CD e toda a gente escutava aquelas músicas. Até que eu decidi juntar as miúdas da minha rua e formar o nosso grupo Spice Girls. Os papéis foram distribuídos, eu era a Mel B, a minha irmã a Vitória, a Tânia a Emma, a Rita a Mel B e a Inês a Geri. Estavam totalmente de acordo com as nossas personalidades. Eu não sou nada parecida com a Mel B, mas tentámos, dormia de cabelo molhado todo entrançado. Fail.

 

Com o videoclip Wannabe era fácil descodificar as vozes, mas antes de aparecer os seguintes tentávamos saber quem cantava o quê. Escrevíamos a letra, com os nomes correspondentes às falas, ansiávamos os videoclips para termos as coregrafias. E preparámos um espetáculo! Ensaiávamos na minha casa. Um dia a minha mãe chegou a casa e tinha a mesa da sala partida porque a Rita (a nossa Mel B) queria dar um pontapé no ar. Às vezes, a minha mãe conta essa história (normalmente no meu aniversário). A música das Spice Girl juntou-nos todos os dias depois das aulas. E demos o dito espetáculo. Já vos conto.

 

Sempre tive tendência para criar girls band, desde a escola primária que fazia isso (naquela altura com os Onda Choc) com um rádio de cassetes velho. Tenho uma paixão imensa pela dança, e houve uns tempos que pensei que ia ser artista. Como sonhei com isso. Culpa das Spice Girls. Mas depois uma pessoa cresce e acorda.

 

O espetáculo foi no Rancho Folclórico do Carregado (nesse dia também representei numa peça de teatro, fiz de crocodilo. A minha irmã com os nervos abandonou o palco após enganar-se na coreografia. O público começou a gritar para ela voltar. Aposto que ela ainda se lembra disto. Foi um dos dias mais marcantes da minha vida. Vi todos os videoclipes, aprendi todas as músicas (cantava no meu inglês muito particular) e coreografias, comprei o dvd delas, li tudo, comprei todas as revistas, colei posters nas paredes. Gostava particularmente da mensagem, do girl power, da representatividade e de serem o que queriam.

 

Mais tarde, com a minha turma do sexto ano voltei a formar uma girls band para fazer o espetáculo para a escola no recinto das aulas de educação física. Só me recordo da vergonha que passámos, dos olhares pasmos dos outros pela nossa coragem. Lembro-me das minhas colegas: Catarina, Verónica, Tânia, Marta como Spice Girls.  Repetia, mas sinto uma ligeira vergonha quando me lembro.

 

Com a música Mama reunimos as nossas mães e fizemos uma espécie de videoclip no dia da mãe. Sentimos a irmandade com Viva Forever, o amor com 2 Become 1 e Too Much, fizemos a festa com Stop, chorámos com Goodbye. Tenho o coração a explodir com estas recordações. Impossível ouvir algumas músicas e não ficar emocionada. E a sessão que fizemos no ADC do Carregado? Posses irreverentes para cinco pequenas com os sonhos do mundo nas mãos.  Obrigada ao Fred pelas fotos.

 

Ainda mantenho um pouco de mim desta fase. A paixão pela dança, os sonhos imensos e o girl power. Engraçada esta viagem ao passado, fui encontrar traços muito marcantes daquela menina que guardo com carinho. Os meninos dificilmente vão entender o que é ser mulher, porque apoiamos movimentos #girlpower e porque continuamos a lutar todos os dias por essa representatividade. Spice Girl marcaram uma geração e trouxeram sons de mudança!

 

Meninas, onde andam? Está na hora de nos reunirmos, temos um casamento à espera. Spice Girls Forever!

 

 

VIRGUL | SABER ACEITAR | LIFE IS A MIXTAPE

share (2).jpg

 

Vamos conversar sobre o mais recente trabalho do Virgul. O cantor estreia-se a solo com o seu projeto “Saber Aceitar”.  Tem onze músicas, incluindo um dueto com a Ludmilla numa nova versão da música “Rainha” e uma participação do Nelson Freitas. O álbum tem todos os seus êxitos: “I Need This Girl”, “Só Eu Sei” e “Rainha”.

 

Vamos analisar as músicas? Claro! Estamos cá para isso. 

 

“I Need This Girl”

Música de abertura. Já estou mais do que farta da música, mas continuo a dançar sempre que toca.  Um refrão meio indeciso entre o português e o inglês. Uma moda dos cantores atuais só para tentar internacionalizar ligeiramente, mas que só serve para confundir a cabeça dos miúdos.

 

"My Bae feat Nelson Freitas"

Para aprofundar a internacionalização até francês entra nesta música.  O ritmo é brutal. Dá vontade de sair com a malta toda pela rua a bater tambores e assim. A loucura. Depois dançávamos a mesma coreografia.

 

"Can You Feel It"

Esta provavelmente é a musica patinho, mas ouve-se.

 

“Só eu Sei”

Também estou fartinha de ouvir esta. No entanto, podia ouvir isto uns dois dias seguidos. Não sei se acontece convosco, mas esta música dá aquela sensação de super mulher, sou capaz de tudo, deixem-me em paz.  Só eu sei, xiu.

 

“Nina”

Eita mistura desgraçada. Uma espécie de salsa com música angolana. “Será que a dama baila?”. Vrgul, não gosto desta. Tirava do CD, nem dava por ela.

 

“All Need is Love”

Ritmo muito Virgul, cheio de boas vibes. Amor, paz e alegria. Gosto de músicas bem-dispostas sobretudo quando o Benfica perde. Sorry, quem diz a verdade não merece castigo.

 

"Rainha" 

Outra que já tocou mais no rádio que a publicidade dos comprimidos para emagrecer.

 

"Jala"

Nesta ele arriscou muito. A música é totalmente ligada às raízes culturais do seu país. O ritmo e a letra. Não se percebe nada, mas adoro. O meu marido diz que esta música faria mito sucesso em Luanda. Acredito! É a minha preferida, acreditam?

 

“Bonita”

Mais uma música divertida e muito mexida. Faz pandan com a música “Nina”. Ele é um homem que aprecia a beleza, querem fazer?

 

“Rainha feat Ludmilla”

Esta tem a Ludmilla. Prefiro esta versão. A Ludmilla faz toda a diferença.

 

“I Need This Girl- Acústico”

Dispensável. As músicas querem-se mexidas. Esta parece que acordou numa segunda-feira. 

 

É isto. Oiçam o Virgul até ficarem enjoados. Acho que é um álbum totalmente verão, mas podemos fingir que não estão graus negativos nesta vida e abanar o corpinho.

 

goodreads twitter instagram facebook

O NOVO CD DA TAYLOR SWIFT | REPUTATION | UNBOXING + VIDEOCLIP NOVO

 

Hoje chegou o meu CD da Taylor Swift. Comprei a edição Deluxe, custou cerca de 26€. Mostrei no vídeo o que traz esta edição se quiserem saber. Uma revista bombástica com poster e fotos incríveis da cantora. Adoro.

 

REPUTATION traz 15 músicas. Tem as letras lindas e maravilhosas como manda a tradição. A caixa do CD é de papelão, a preto e branco. As letras parecem noticias de jornal. O marketing à volta deste álbum está ligado às noticias que saíram da cantora ao longo dos anos e isso é bastante evidente. O CD chegou dentro de uma revista com manchetes polémicas. Moderno e atual é desta forma que descrevo os videoclips da Taylor relativos a este álbum.

 

Este trabalho demonstra uma evolução da Taylor. Alguém que passou de menina bonita a má da fita. Uma pessoa que guarda rancores e tem muito para dizer. As letras são TODAS escritas por ela e estão ligadas a episódios pessoais. Falarei nas letras mais tarde, preciso de ouvir com mais calma.

 

goodreads twitter instagram facebook

LIFE IS MIXTAPE | DUSK TILL DAWN | ZAYN FEAT SIA

 

 

Existem músicas que despertam em mim sentimentos tristes, felizes e profundamente emocionantes. É o caso de "Dusk Till Dawn" (Feat Sia), do ZAYN.

 

Quando os meus olhos bateram neste videoclip na tarde de sábado fui atingida pelo poder da minhas lembranças carregadas de sentimentos. Foi como abrir uma espécie de baú cheio de fotografias e encontrar aquilo que já fui. E ainda sou, em menor quantidade. Aquela menina que ama o pôr do sol e acorda mais cedo que o planeta para encontrar os primeiros raios de sol. Aquela destemida de amor e apaixonada pela vida. Aquela que preparar o terreno para o amor, que entrega tudo na mão da paixão e do perigo. Que adora a vida entre altos e baixos, porque assim tem mais graça. No entanto, hoje prefiro os abraços e menos aventura. 

 

 

O ambiente deste videoclip é obscuro. Muito escuro também. O amor no limite, na corda bamba entre perseguições e perigos. Até bombas mete.  As vozes do ZAYN e da Sia ficam lindas, combinam bem. Aliás, o ZAYN conquistou-me com as suas últimas músicas. Gosto praticamente de todas. Tem escolhido bem as parceiras, o menino é esperto. Taylor, Sia. E depois aquela carinha laroca, com aquela voz. Adoro!

 

Bem esta é a música deste mês. Em modo repeat porque eu gosto muito destes dois. E sinceramente acho que este menino vai longe. 

 

O que acham desta música e do percurso do ZAYN?

goodreads twitter instagram facebook

LIFE IS MIXTAPE | NEW RULES | DUA LIPA

 

 

Descobri a Dua Lipa esta semana. Estou chocada porque ela já faz sucesso há algum tempo e nunca tinha ouvido falar nela. E esteve em Portugal este verão. Em que mundo andava? Ok, fartei-me de ouvir "Be The One" nas rádios, mas estava longe de imaginar que a música pertencia a uma miúda estilosa, iluminada (referência ao iluminador no rosto em todos os videoclips), novinha, com um talento imenso.  Depois da minha descoberta através do videoclip "New Rules" quero o CD em modo repeat. 

 

"New Rules" é a música ideal para quem terminou o namoro. Querida, estás a sofrer por causa do boy? Pára tudo nesta vida e vai escutar esta música. Aprende as regras e repete-as de manhã à noite. E se tiveres uma amiga a sofrer pelo mesmo mostra-lhe o videoclip. Quem está no desespero nem liga muito para as regras, mas estas são importantes para todas as mulheres. Mas se calhar o melhor é decorar já! Dua Lipa sabe a teoria toda, criou as regras minimalistas do fim do namoro. Aliás, todas sabemos a teoria, o pior é na prática, não é verdade?

 

Quanto ao videoclip, está espectacular. A moça parece meio sonâmbula no inicio por causa do desgosto amoroso mas acaba mais animada. As amigas sempre por perto mostram o quanto é importante o girl power. Tão bonitinhas aos abraços e a escovar os cabelos umas das outras. Amei! E mais no final é a Dua Lipa a dar os conselhos a uma amiga que está a passar pelo mesmo. É verdade, a roda não pára de girar. 

 

As cores do videoclip é a coisa mais bonita. E o estilo das moças? Muito retro. E tem flamingos! Acabei por ver o videoclip carradas de vezes e acho que decorei os passos. E adoro a make up da Dua, é perfeição. Vejam, animem-se e não se esqueçam das rules. Nada de amizade com o boy, não atender o telefone, nem deixar o moço entrar, sabemos como esta história costuma acabar. 

 

Já conheciam a Dua Lipa? A música fica no ouvido, não fica? One,...

LIFE IS MIXTAPE | LOOK WHAT YOU MADE | TAYLOR SWIFT

 

 

Saiu a nova música da Taylor Swift. "Look What You Made". Temos novo sucesso garantidamente. Esta mulher, drama queen, vem mais uma vez deitar as garras de fora e mostrar que tem uma lista negra onde sublinha o nome dos inimigos a vermelho. E sem medos, avisa que não gosta e está de olho.

 

Este é o primeiro single do seu esperado album "Reputation" com lançamento previsto para Novembro (10). Prendinha de Natal, jingle bells jingle bells! Mas aposto que as suas letras serão pouco católicas e estão mais perto do inferno. Quem é que se lembra da santa Taylor? Já lá vai o tempo. Todos sabemos que ela é uma moça rancorosa e adora expor os seus conflitos através da sua música. Por isso é amada por milhares de pessoas. Também sabemos como correu o seu último romance e as suas brigas com as (pouco) amigas.

 

Quanto à música, adorei! Digamos que é uma música com energia negativa, mas expressa aquele sentimento velho de mágoa. Fizeste-me mal, não me esqueci. Não que seja bom guardar rancor, mas é bom aprender a lidar com quem pisa. Não podemos ser ovelhas fofas de pijama às bolinhas para sempre. Não é verdade? Não guardo um caderno com uma lista, nem tenciono criar um plano de vingança para dar o troco porque ainda acredito que o melhor é seguir a vida. Gritar ao mundo este tipo de coisas não é solução. Mas a Taylor sabe que o povo adora sangue (#GoT). Não vejo a hora de ver o videoclip. Vamos ter vídeo reacção? Vamos ter. Eu avisei que este espaço estava a mudar. 

 

Taylor Swift rebentou, está em primeiro lugar nos tops. Espero sinceramente que a música traga mais amor para a sua vida. Sinto que a Taylor precisa de colo e amigas (verdadeiras). Abracinho. 

 

Inauguramos um dos novos cantinhos deste espaço: Life is Mixtape. Um espaço pop, jovial e cheio de ritmo. Temos sempre uma opinião, uma novidade e abraços para dar. E por aí? Gostaram da música ou preferem a Katy Perry? 

 

 

 

 

 

 life is mixtape

@claudiaosimoes

leitora beta * divulgação * literatura *

contacta-me para mais informações contactoclaudiaoliveira@gmail.com

ESTREIA 21 DE JUNHO

Resultado de imagem para a livraria

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D