Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Sab | 06.01.18

A PALAVRA QUE EU ESCOLHI PARA 2018

Cláudia Oliveira

InstaFit_20180106_21195317.jpg

 

 

Como aconteceu o ano passado resolvi escolher uma palavra que suportasse todos os meus objetivos. Em 2017 queria focar-me nas minhas poupanças e resolvi colocar as minhas energias nisso. A palavra escolhida o ano passado foi “Poupança”. Correu tão bem!

 

Este ano vou mudar o meu foco para o lado profissional. Quero mais. Quero trabalhar afincadamente para isso. Portanto, chegou a hora de colocar a meta bem à frente dos olhos. Acho importante seguirmos o nosso caminho e ouvirmos a nossa voz. Com a verdade podemos destacar o que temos de melhor e transformar os nossos dias.

 

Podemos alcançar os nossos objetivos com muita força de vontade e brio. É nisso que me agarro quando trabalho e estudo diariamente para produzir algo nesse sentido. Dedicação e esforço, porque ninguém vai a lado sem deixar a preguiça de lado. Nisso eu sou excelente, não sou de todo preguiçosa. Sou batalhadora e persigo os meus sonhos. Mas tenho perfeitamente a noção que posso melhorar. Para isso preciso de dar novos passos, foi nesse sentido que escolhi a palavra no próximo ano.

 

ARRISCAR será a palavra que irá acompanhar-me em 2018. Arriscar nos meus projetos, ideias. Dizer mais “SIM” (depois das limpezas deste ano está na hora de começar a aceitar o melhor) a eventos, viagens, desafios, pessoas. Deixar a timidez de lado e avançar sem medos. Arriscar nos meus desejos profissionais e ambição. Encher o peito de ar e partir à aventura. Prefiro tentar do que olhar para trás e ver que fiz pouco. Parar com os complexos, pegar em tudo o que este ano me deu de bom e voar. Preciso de largar aquilo que me segura e insiste em ir contra a minha ambição. Mas cuidado, sempre com os pés assentes na terra. Não fosse eu uma pessoa ponderada (talvez demais, daí o ARRISCAR mais).

 

Como é que cheguei a esta palavra? Numa folha em branco coloquei as palavras chave dos meus planos gerais. Das palavras chave juntei tudo e tentei descobrir o que precisava de fazer para concluir com sucesso cada um. E voilá, ARRISCAR  tornou-se numa prioridade.

 

Estou preparada para 2018. Cheia de força de vontade. Ano novo, vida nova. Venha ele!

 

 goodreads twitter instagram facebook

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post