Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Qui | 06.12.18

As Melhores Leituras de 2018 (e outras recomendações)

Cláudia Oliveira

IMG_20181205_104255_330.jpg

 

Vamos às melhores leituras deste ano. Foi um ano brutal, conheci escritores excelentes e li livros maravilhosos. Criei projetos de leitura que me incentivaram e trouxeram a possibilidade de encontrar histórias inesquecíveis, personagens amadas e novos autores preferidos. Foi o ano que me trouxe mais novidades e me trouxe os maiores desafios literários. 

 

Quando estive a ver as minhas leituras e escolhi os preferidos acabei com um conjunto de 12 livros. Coloquei os títulos por ordem decrescente. Dos livros que amei aos que super amei. Foram os livros que mais marcaram a diferença e provocaram vários sentimentos. Aqueles super queridos que recomendo de olhos fechados. No final do texto deixei outro conjunto de títulos que recomendo igualmente apesar de não serem os meus favoritos do ano. São leituras com muita qualidade, irão fazer as delicias dos seguidores deste blog. 

 

IMG_20181205_103546.jpg

 

 

12- Manhãs Milagrosas, Hal Elrod (opinião) (comprar livro)

Inspirada no livro "Manhãs Milagrosas" decidi experimentar o método sugerido pelo Hal Elrod e estou apaixonada pelos meus dias. Nunca pensei dizer isto, mas este livro mudou parte da minha vida. Para melhor!

 

11- Pequenos Fogos Em Todo o Lado, Celeste Ng (opinião) (comprar livro)

Nas primeiras páginas somos confrontados com um episódio trágico. Esse momento será explicado ao longo da história através do desenvolvimento das personagens. O enredo não perde a força, pelo contrário. Gostei muito, muito, muito. 

 

10- Chama-me Pelo Teu Nome, André Aciman (opinião) (comprar)

Quantos pais precisam de ler este livro? A narrativa chega a ser poética tal a força da paixão. E ao contrário do que foi dito por mim, o filme não é melhor. O filme é uma obra prima. O livro outra. E aqui começa outra discussão, o que é uma obra prima? Para mim, é a perfeição que une a história, narrativa e a intensidade da sua leitura. O que eu sorri e chorei com este livro. 

 

9- O Meu Irmão, Afonso Reis Cabral (comprar livro)

Tive uma grande surpresa com este livro. Fui impactada por esta história e pela maturidade da escrita deste escritor. Adorei! É inesquecível.

 

8- Mindhunter -Caçador de Mentes, John Douglas (opinião) (comprar livro)

Uma mão cheia de psicologia, explicações e detalhes interessantíssimos. Este livro é excepcional, acrescenta conhecimento e deixa um fascínio pela mente humana em qualquer leitor. Um dos meus preferidos deste ano, super completo, instigante e com uma narrativa que nos prende do inicio ao fim. Super recomendo. 

 

7- Dois Irmãos, Milton Hatoum (opinião) (comprar livro)

Um drama familiar incrível que nos leva pela mão e nos deixa um sentimento agridoce. A escrita é impecável e o livro mais do que recomendado. Um autor que pretendo ler mais no futuro.

 

6- Crónicas do Mal de Amor, Elena Ferrante (opinião) (comprar livro)

Super recomendo. É um senhor livraço. Leiam Elena Ferrante. Não há uma forma correta para começar a ler esta escritora. É começar, só isso.

 

5- Viagem ao Sonho Americano, Isabel Lucas (opinião) (comprar livro)

Super recomendo este livro para quem gosta de livros de não fição, tem um fascínio pela América e gosta de livros de road trip. Para quem não gosta também pode arriscar sair da zona de conforto, é um trabalho de muita qualidade que merece ser lido e partilhado. 

 

4- Raposa, Dubravka Ugresic (opinião) (comprar livro)

Foi o melhor livro que li para o projeto Do Quarto para o Mundo, e também o mais exigente. Recomendo para leitores que gostam de filosofia, referências político sociais e livros exigentes.

 

3- Som e a Fúria, William Faulkner (opinião) (comprar livro)

Leitura para o Clube dos Clássicos Vivos. Foi o livro mais desafiante deste ano. Umas das melhores experiência de leitura da vida. Que clássico maravilhoso.

 

2- Se Esta Rua Falasse, James Baldwin (opinião) (comprar livro)

O final é a cereja no topo do bolo. Intenso e perspicaz deixou-me completamente atordoada e emocionada. Obrigada à editora Alfaguara por ter trazido este autor para Portugal. Uma história fabulosa que ninguém deve perder. Um dos meus preferidos deste ano, sem dúvida. Livraço!

 

1- Estou viva, estou viva, estou viva, Maggie O´Farrell (opinião) (comprar)

Se deixares passar este livro vais perder um grande livro, uma grande escritora. Este é o meu livro preferido de 2018. Dou por mim a pensar nele todos os dias, a querer escrever daquela forma e ainda a fazer listas das minhas experiências pessoais onde a morte me sussurrou aos ouvidos. Leiam, e se não gostarem, a culpa é vossa, deitados numa redoma de vidro sem pisar os perigos da vida. Viva a vida, estamos vivos!

 

Também recomendo os seguintes títulos porque são bons bons:

As Benevolentes, Jonathan Littell

Desaparecer na Escuridão, Michelle McNamara

Como Ser Uma e Outra, Ali Smith

A Resistência, Julian Funks

Conflito Interno, Kamila Shamsie

O Poder, Naomi Alderman

Laços, Starnone Domenico

O Pai da Menina Morta, Tiago Ferro

Alçapão, João Leal

 

Aproveitem os 20% de desconto na Wook até dia 16 deste mês

 

 

6 comentários

Comentar post