Começar um sistema de organização | 4 passos simples

1542035895593

 

 

Queres ser uma pessoa mais organizada, mas não sabes como começar? Neste texto vou dar quatro dicas úteis para quem quer começar o próximo ano empenhado na organização e na concretização dos seus objetivos.

 

 

Não é difícil começares a organizar a tua vida pessoal e profissional. Estes quatro passos são a base do meu sistema de organização. Pequenos conselhos que farão toda a diferença. Recomendo que seja testado pelo menos três meses. O sistema de organização propriamente dito é mais complexo e necessita de maiores explicações. Farei questão de partilhar tudo convosco aqui e nas minhas redes sociais. Estou numa fase de mudança e alguns testes, assim que concluidos, volto para contar.

 

 

Chega ao fim o Especial Desenvolvimento Pessoal e Organização. Espero que tenha sido útil para a preparação do próximo ano. Estou a desenvolver novas técnicas para aperfeiçoar e acho que no próximo ano teremos surpresas a esse nível.

 

 

4 passos simples | organização

 

 

Escolher uma forma simples e apropriada para registar os teus objetivos, eventos e tarefas.

 

Podes optar por uma agenda, bullet journal, caderno, evernote. Eu recomendo que seja em papel para ser mais fácil de visualizar todos os elementos. Uso bullet journal há alguns anos, em 2019 decidi voltar à agenda. Espero conseguir conciliar a agenda com a minha paixão pelo bullet journal.

 

 

Criar o hábito de planeamento e verificação

 

É importante tirar um bocadinho do dia para o planeamento e verificação das tarefas. Sugiro que o planeamento mensal seja feito antes do dia 1 de cada mês. O planeamento semanal, todos os domingos e o diário, todas as manhãs depois de um bom pequeno almoço ou café.

 

 

Cruzar os objetivos anuais com os objetivos mensais

 

Para concretizar os objetivos anuais é necessario definir metas todos os meses para chegar mais próximo da meta. Estabelecidas as ações para cada plano no inicio do ano é necessário tornar real cada um. O registo na agenda é fundamental. Imagina que queres juntar 2000 mil euros durante o ano. Estabelece um valor mensal, de acordo com as tuas finanças (poupança e gastos) no momento em que fores fazer o planeamento mensal.

 

 

Não sobrecarregar e focar

 

Mais vale concretizar e avançar pequenos passos do que sentir frustração permanentemente. A minha sugestão é: cerca de cinco objetivos anuais para cada área da tua vida (pessoal, profissional, familiar e financeira); quatro/seis objetivos mensais (sempre cruzados com os teus objetivos anuais) e três tarefas/metas/eventos por dia. Exemplo: Objetivo anual: queres diminuir a pilha de livros na tua estante. Objetivo mensal: ler livro X comprado há cerca de cinco anos ou ler três livros sem comprar livros novos. Objetivo diário: ler cem páginas.

 

 

Pode também gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.