Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Qua | 03.08.16

Confissões | Kanae Minato

Cláudia Oliveira

IMG_1964.JPG

 

No Goodreads

Minha pontuação 5*

 

Não procurem muita informação sobre este livro. Se possível não leiam a sinopse. Certifiquem-se que gostam de livros com tensão até ao fim e histórias viciantes. Está garantido um excelente enredo. O livro de estreia da autora Kanae Minato deixou-me perplexa. Fiquei cheia de vontade de recomendar o livro e falar nesta história a toda a gente. 

 

Pelos vistos já existe um filme com o mesmo nome, nomeado para os Oscars e tudo. Um filme japonês com um aura sombria e obscura. Ainda não vi, mas não vai escapar. Não sou grande apreciadora do cinema japonês, mas estou curiosa para encontrar estes personagens outra vez. 

 

A história está bem elaborada, sem pontas soltas. Como um puzzle, as peças aos poucos vão dar todas as respostas. E o final é majestoso. Cruel e fantástico. Talvez um bocadinho surreal, mas consegui acreditar. Quando terminei de ler o livro imediatamente fiz um apanhado de tudo o que aconteceu e não encontrei defeitos. Podia dizer que a escrita é pouco primorosa, mas achei necessário a clareza e precisão. Não existem palavras a mais, está tudo no devido lugar. 

 

Eu sei que não contei nada sobre a história, mas mesmo assim estou a tentar convencer os leitores deste blog a comprarem e lerem o livro. Eu comprei porque vi a menina dos policiais falar sobre ele no facebook e não resisti. Nem quis saber do que se tratava. Comprei e li. Não consegui parar. 

 

O livro não é apenas um thriller. Tem questionamentos bastante profundos sobre o bem e o mal. Faz referência ao grande Crime e Castigo. Adoro quando estas coisas acontecem. Ligações improváveis. A sociedade, os valores que a sociedade propaga sem ser muitas vezes justa e coerente. Tanto há para discutir sobre este livro. Leiam e depois falamos. 

 

Acabei por dar cinco estrelas. Dentro do género, este livro tem tudo aquilo que eu gosto. Até ao momento só tinha gostado da mesma forma do Em Parte Incerta, da Gillian Flynn. Raramente gosto ou me deixo surpreender com thrillers. Felizmente encontrei outro para juntar-se aos favoritos. 

4 comentários

Comentar post