Com saúde e recomendam-se. Estou prestes a terminar Frankenstein, de Mary Shelly. Não passa de hoje. Podiam ter avisado que era um livro lento e um bocadinho chato.

Entretanto, acabei de ler o livro do Almeida Garrett, Viagens na Minha Terra. Quero escrever um texto sobre ele. Ainda não parei de pensar no livro. Sobretudo na sua importância para a literatura portuguesa. O Garrett era um homem muito evoluído para a sua época. 

No Kobo, continuo a ler Luzes de Emergência se Acenderão Automaticamente, da escritora brasileira Luisa Geisler. Ainda não tenho uma opinião formada sobre este livro. Espero terminá-lo este fim de semana. 

Ansiosa para começar Lolita, de Vladimir Nabokov.