Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Dom | 08.07.18

DEZ LIVROS FABULOSOS ESCRITOS POR PORTUGUESES

Cláudia Oliveira

IMG_20180708_110714.jpg

 

Decidi criar uma lista recheada de títulos escritos por autores portugueses. São livros que me marcaram muito pelas mais diversas razões. Não quis ir pelas obra mais recorrentes, mas acabei por tropeçar três vezes. Não dava para passar ao lado sem voltar a falar neles. No entanto, acho que vão ter algumas surpresas. A literatura portuguesa é a que mais me apaixona. E assim, como em outras áreas, a literatura está cada vez melhor. Como novos autores, novas perspectivas e opções. Há lugar para todos os gostos, se não somos os melhores do mundo andamos muito perto de o ser. Temos o melhor do mundo, a nossa língua. A mais rica, a mais vibrante e apaixonante. 

 

Se tiverem títulos para me recomendar, ou se ficaram interessados em algum desta lista, sintam-se à vontade para comentar, discordar e acrescentar. 

 

 

Começo pelo titulo com opiniões mais distintas. Ora gostaram muito, ora nem por isso. Eu amei e apesar de não ter gostado muito das obras seguintes, este guardo no coração. No Meu Peito Não Cabem Pássaros, de Nuno Camarneiro. Foi o seu romance de estreia, com uma forte e fantástica narrativa. Para quem gosta de prosa poética, de histórias que não se entregam de imediato, este livro é O livro. 

 

 

 

Vou bater na mesma tecla e recomendar Maria Teresa Horta, a minha escritora portuguesa preferida. Venha quem vier. Já li dois livros e estou a ler o terceiro. Meninas e A Paixão Segundo Constança H são duas obras inigualáveis na literatura portuguesa. A escrita é a perfeição dentro dos requisitos do que é para mim a qualidade. 

 

 

Dias Úteis, de Patrícia Portela é um livro totalmente desconcertante. Fez-me sair da zona de conforto e pedir por mais. Precisamos de mais escritoras como ela, com um enorme domínio e liberdade, mostra que a literatura portuguesa está de saúde e recomenda-se. 

 

 

José Luís Peixoto é um dos mais conhecidos desta lista, mas não podia deixar de sugerir o seu último título O Caminho Imperfeito. Neste livro caminhamos com o autor numa viagem a Banquecoque e a Las Vegas. Somos confrontados com a sua verdade, na esperança de quebrar preconceitos em relação às suas escolhas. Temos um escritor que se divide entre o mais querido, sincero e sensível. 

 

 

Um dos últimos romances escritos por um autor português capaz de me fazer os olhos brilharem foi Hoje Estarás Comigo no Paraíso, de Bruno Vieira Amaral. Confesso que sou um bocadinho exagerada quando me apaixono por um livro ou autor, mas este foi um caso sério. No entanto, com o passar dos meses, o deslumbre apesar de ter atenuado bastante, acabo sempre por pensar nele quando preciso de recomendar um livro que misture realidade e ficção cheio de personagens fáceis de identificar como os nossos vizinhos, o passado ou os encontros ocasionais. 

 

 

 

Aquela leitura obrigatória sobre violência doméstica que devia estar em todos os centros de saúde e bibliotecas na esperança que a palavra fosse passada de boca em boca e o mundo se transformasse num lugar melhor. Falo no título Em Nome da Filha, de Carla Maia de Almeida. Aquele livro que eu li e saí a recomendar a toda a gente do booktube e fora dele. Felizmente muita gente leu e concordou comigo. 

 

 

Karen, de Ana Teresa Pereira. A escritora foi uma surpresa ,sobretudo com este título. A história é construída cheia de mistério e dúvidas. Apesar de curto, as personagens são tão complexas que fiquei encantada. Se na altura não reparei nos "estragos" que a autora fez, meses depois acabei por concluir que a história cresceu em mim e o livro é um dos meus preferidos. 

 

 

 

 

Um dos primeiros livros de poemas de autores portugueses que eu li. Com ele, tive aquele "click" em relação à poesia. Apaixonei-me, simples assim. Escuro, de Ana Luísa Amaral. A sua importância foi o pontapé de partida para um mundo novo e não podia estar mais agradecida. Outro título que eu recomendo para ser o primeiro livro de poemas da tua vida é do poeta Nuno Júdice, A Pura Inscrição do Amor. Que livro magnifico, tem um dos meus poemas preferidos da vida

6 comentários

Comentar post