Se pudesse descrever numa palavra o que sinto ao ler Afonso Cruz podia usar a palavra “fascinada”. Este livro é triste e incrivelmente bonito. A minha zona de conforto e de bem estar. É o meu escritor português preferido depois de Saramago. Conquistou-me, estou perdidamente apaixonada por ele. Faz dois anos.