Publicado em 1 comentário

Dlog #4 Só desta vez

Ontem vi Wild. O filme mexeu comigo. Fui dormir a pensar no filme. Na mãe, na filha, na filha da mãe. Chorei. Eu sei que o filme não é nada de outro mundo, mas mexeu nas entranhas do meu coração. Gostei, mas acredito que não vá ganhar nenhum Óscar. A loira está muito bem neste filme.

Só me falta a Meryl Streep. Bem que ela podia deixar a Julianne Moore vencer, né?

Cá ando com o Saramago dentro da mala. Meu queridinho, acho que vai acabar por se transformar num dos meus preferidos da vida. 

Nota: a Julianne Moore está indicada para melhor actriz, a Meryl Streep para melhor actriz secundária. Ah, e ainda me falta o filme The Judge.

1 comentário em “Dlog #4 Só desta vez

  1. concorrem em categorias diferentes, julianne principal e meryl secundária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.