Dlog #85 | “Nunca ganho nada” passou para “ganhei um livro”

Ganhei um passatempo. O prémio é o último livro do João Tordo. Sendo assim vou devolver à biblioteca o exemplar que requisitei. Isto é motivo de festa e garrafa de champanhe porque nunca ganho nada. A sorte está a mudar. Menos uns euros gastos na Feira do Livro em Lisboa. 

Depois da resenha extraordinária escrita pela Eduarda AQUI fui à procura do livro Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra de Mia Couto. Encontrei o ebook. Presumo que qualquer biblioteca tenha. Acho que fiquei com saudades de ler Mia Couto, Pepetela e Agualusa. Por falar em Agualusa, o último romance está disponível na Fábrica das Palavras em Vila Franca de Xira, A Rainha Ginga. Quanto a Pepetela tenho um livro dele na estante desde o ano passado. São três autores que recomendo a toda a gente. 

A Feira do Livro está a chegar! Li mais dois livros da Lista dos Livros Que Comprei nas Duas Últimas Feiras do Livro em Lisboa. Estou a pensar ler pelo menos mais dois. Neste momento tenho 18 livros desta lista por ler. 

 

 

Pode também gostar de...

4 comentários

  1. Parabéns. Sabe bem ganhar algo, principalmente algo que gostamos tanto!
    Já li “O bom inverno” do João Tordo e gostei muito, fez-me pensar sobre algumas questões sobre a vida, a morte, os nossos medos e perspectivas sobre a vida. A certa altura o enredo torna-se extremamente enredado (maldito pleonasmo), e as personagens, cada uma com a sua loucura, vivem aquele evento de forma tão diferente.
    Boas leituras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.