Dlog #90 | Das pessoas, dos blogues, das polémicas

Não percebo a polémica à volta do sexto episódio da quinta temporada. As pessoas adoram discutir, escolher um lado da discussão, defender as suas opiniões. Não se cansam?

Pode também gostar de...

13 comentários

  1. juro que não. a única coisa que tenho lido é meio mundo a queixar-se que nada acontece, o que não concordo, porque esse meio mundo até vê anatomia de grey.

    oh espera: é por causa da violação da outra?

  2. Porque não é a primeira, nem a segunda mas a terceira vez em que violam uma das personagens principais femininas para darem continuidade à personagem.
    Uma mulher (ou homem) não deve ser caracterizado por um trauma sexual. Na primeira temporada foi a Daenerys, na penúltima a Cersei e agora a Sansa. Todas elas personagens fortes, todas elas foram violadas sem haver necessidade nenhuma para a continuação da história ou para a evolução das personagens. Eu acho uma maneira horrível, preguiçosa e ofensiva de desenvolver personagens femininas, mas isso sou eu.

  3. Sinceramente, entendo quem está contra mas também quem não está. É-me indiferente, sinceramente. A violência foi colocada porque naquela altura é bastante frequente. Acho que mostra a força das mulheres e a monstruosidade da maioria dos homens. Para além de salientar a merda de monstro que fez o que fez. No entanto, continuo sem perceber o histerismo.

  4. Há violência e violência. Game of Thrones é uma série muito boa não por mostrar imenso sexo e imensas mortes, mas porque sabe desenvolver personagens independentemente disso. Quando o Tyrion mata o pai dele há um momento catártico em que ele se “livra” finalmente da sua insegurança de ser insuficiente – ele tem uma deficiência física, mas diria que a pessoa que nunca o considerou um ser humano normal foi o pai dele.
    Agora quando mostram mulheres fortes e independentes a serem completamente degradadas – com um crime que ainda hoje é extremamente polémico e há notícias de violações todos os dias – só para tentarem desenvolver a personagem a partir disso… Bom eu acho extremamente ofensivo e preguiçoso. Parece que os escritores não conseguem ou não sabem desenvolver mulheres sem ser a partir de traumas sexuais. Há mais na luta delas sem ser isso. Qual foi o objetivo em vermos a Daenerys a ser violada? Ela não ia ser uma líder se não fosse isso? Ou a Cersei, qual é o objetivo em ter sido violada pela única pessoa que ama? Ou a Sansa, não ia vingar a sua família e lutar por ela se não fosse violada?
    Simplesmente está ali a mais e acho bastante ofensivo e degradante.
    Acho que as mulheres conseguem ser fortes independentemente disso.

  5. Este episódio de violação não é descrito nos livros. Logo a culpa aqui não é bem do escritor. O objetivo da série vai ser diferente dos livros, segundo sei. Na minha opinião a Dany foi violada para mostrar a natureza daquela raça, eles maltratavam as mulheres, era costume. Quanto à Cersei talvez tenha sido exagero (mas não sei se os livros descrevem isso, logo não sei de quem é a culpa ou o objetivo) e em relação à Sansa achei mesmo que era mostrar a maldade do homem em causa e não para humilhar a mulher em particular ou as mulheres no geral. Não me senti ofendida em momento algum. Conseguem ser fortes sim, nisso concordo.

  6. Estou cansada dos estupros na série, mas estou ainda mais cansada das polêmicas. Porque no fim das contas ninguém para de assistir, né? Se fossem realmente contra os estupros, parariam de assistir, a audiência cairia e a HBO se preocuparia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.