— Por quê? já se acabou a história de Carlos e de Joaninha? — diz talvez a amável leitora.
— Não, minha senhora — responde o autor mui lisonjeado da pergunta. — Não, minha
senhora, a história não acabou, quase se pode dizer que ainda ela agora começa; mas houve
mutação de cena. Vamos a Santarém, que lá se passa o segundo ato.

Capítulo 26