Ele é diferente dos escritores que vocês costumam ler

Apresenta%E7%E3o1.jpg

“Ele não é tão bom quanto acha que é, mas também a maioria de nós pensa assim.” Escreveu Bukowski no livro Hollywood. Escreveu muito bem. Ele é muito bom. Ele é um velho sacana. Ele seria aquele tio maluco que diz tudo o que pensa, sem se importar com nada nem ninguém. Acho que seriamos bons amigos. Ele mete o dedo na ferida, tem um enorme sentido de humor, chega a ser ordinário. Ele põe a sua personalidade em tudo o que escreve. É aquilo que escreve. Sem tirar nem pôr. É diferente dos autores cheios de etiqueta, regras ou aparências para agradar os seus leitores ou editores. Bukowski desfaz a imagem endeusada que temos dos escritores. Ele tem defeitos, podemos chegar perto, sem medo. Bukowski deve ter perdido muito por causa disso, diversos prémios, convites. Acho que as pessoas importantes tinham medo do que ele podia dizer durante o discurso de agradecimento. Eu gostava muito de o ter conhecido. Lado a lado com o Saramago. Acho que, os três, nos íamos dar bem. Sendo impossível, só me resta lê-los. Aprender alguma coisa desta forma. Por isso, só me resta lamentar que ele tenha escolhido o álcool e morrido tão cedo. Só me resta lamentar que os (seus) livros sejam caros, não cheguem a todos os leitores.

Pode também gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.