Lidos em Novembro

 

Flores, Afonso Cruz – 5 estrelas Opinião AQUI

No Teu Ventre, José Luis Peixoto – 5 estrelas Opinião AQUI

Eu Confesso, Jaume Cabré – 5 estrelas

A Viagem Vertical, Enrique Vila-Matas – 4 estrelas

O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago – 5 estrelas Opinião AQUI

As Horas, de Michael Cunningham – 4 estrelas

 

Em Novembro li seis livros. Gostei de todos, sem excepção. Tive muita sorte nas escolhas. Li pela primeira vez dois autores e gostei bastante de ambos. Sobretudo o livro escrito por Jaume Cabré. O livro Eu Confesso é fabuloso. Valeu a pena ler as setecentas e trinta páginas. Li três autores portugueses e gostei imenso de todos. São livros que recomendo muito. Todos eles. Não li nenhuma mulher. Não consegui terminar Cem Anos de Solidão, mas estou quase. Vou começar muito bem o mês de Dezembro. Também não terminei de ler o livro escolhido no Clube dos Clássicos Vivos, Margarita e o Mestre, do Mikail Bulgakov. Nem sei se vou ler em Dezembro. Vou tentar. 

 

 

 

Pode também gostar de...

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.