Terminei o terceiro volume, A Fúria dos Reis. Achei o livro com um ritmo de leitura mais lento que os anteriores. Termina no momento certo, presumo que o quarto volume seja cheio de ação. Adorei os capítulos de Tyrion e de Arya, mas também gostei de ler os capítulos de Catelyn. Neste volume a magia é introduzida de forma ligeira, talvez para nos preparar para o volume seguinte, O Despertar da Magia. Não tenho nenhum momento preferido a salientar, acho que o livro é coerente desde o inicio. As personagens vão evoluindo, pequenas mudanças vão acontecendo mas nada de grandioso (exceto o final). Continuo a achar piada ao facto de conhecer o futuro de algumas personagens. Não tem prejudicado a minha leitura, pelo contrário. Gostei de conhecer novos personagens neste livro. São sempre uma mais valia e nunca estão ali por acaso. Aliás, este livro ainda é mais complexo que os dois primeiros.