Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

amulherqueamalivros

Ter | 11.02.14

O Lobo de Wall Street tem coração

Cláudia Oliveira

"Não podemos escolher a pessoa por quem nos apaixonamos, não é verdade? E, uma vez apaixonados, apanhados por aquela espécie de amor obsessivo que tudo consome, aquela espécie de amor em que duas pessoas não suportam estar separadas nem mesmo por um só momento, como se pode renunciar a essa paixão?"

 

página 46 do livro O Lobo de Wall Street