IMG_20180918_151036.jpg

 

 

 

O Terceiro Gémeo é um thriller que flui bem com uma investigação no campo da genética que me suscitou curiosidade de imediato. Estava na lista de livros desejados com personagens gémeos. Este thriller tem gémeos idênticos e crimes. E a conhecida escrita de Ken Follett. É muito envolvente, sobretudo a parte relacionada com a genética. É uma discussão cientifica que cria dúvidas e nos deixar a pensar. Editorial Presença conta com uma nova edição para este livro.

 

Com uma proposta mais fofa, é o livro da italiana Paola Peretti, A Distância entre Mim e a Cerejeira. A história da Mafalda que tem uma doença macular degenerativa que a condená-la-á a uma cegueira irreversível. Li num único dia, devido à escrita delicada da autora que coloca a sua realidade na história desta menina. Tem uma mensagem de esperança e amor. Faz-nos olhar para o que nos rodeia e apreciar pequenas coisas da vida. Uma novidade da Suma de Letras para todas as idades. 

 

Já não lia um livro de fantasia há bastante tempo. Três Coroas Negras, da autora Kendare Blake, um lançamento da Porto Editora está a conquistar o público português. e eu também estava curiosa para conhecer esta história  A autora esteve na Comic Con e foi lançada uma edição com capa branca muito gira. Boa iniciativa! Recebi um exemplar com capa preta e também gostei muito. É uma cor muito presente nesta historia, para dar um tom mais obscuro. O enredo é original, a conquista por um trono por três irmãs gémeas separadas desde muito cedo. Temos a envenenadora, a naturalista e a elementar. Dons que as caraterizam e as tornam peculiares. Gostei do livro, mas senti falta de maior descrição e mais pormenores para relacionar-me com o mundo criado pela autora. As personagens são o ponto forte deste enredo, nenhuma é muito boa ou muito má. A escrita é super simples, e o enredo corre ao longo dos diversos diálogos. Sendo o inicio de uma trilogia, muita coisa está em aberto. 

 

Desta lista, Mulheres Viajantes, da autora Sóna Serrano é o livro que mais gostei. Tem uma proposta fantástica que me prendeu do inicio ao fim. A historia de várias mulheres que partiram à aventura e deixaram os seus relatos escritos. A autora toca em assuntos pertinentes em relação à postura das mulheres na literatura de viagens, às suas oportunidades e na forma como conduziam as explorações. Um livro super inspirador, que acrescenta e dá que pensar. Aumentou a minha lista de desejos e vontade de viajar. A edição da Tinta da China está primorosa e vale muito a pena.

 

Por fim, Os Interessantes, de Meg Wolitzer. Talvez o livro pelo qual tinha as maiores expectativas. E acabou por ser uma pequena desilusão . Aborreceu-me imenso. Li cerca de 400 páginas e tive de abandonar. O tema até é interessante, mas nenhuma personagem se revelou interessante, ao contrário do que o título diz. A vida nem sempre é como idealizamos. Os sonhos de adolescente perdem-se, só damos conta mais tarde. Não fiquei com muita vontade de voltar a esta escritora, mas talvez dê uma oportunidade ao seu mais recente romance. 

 

InShot_20180918_145427864.jpg