ONDE COMPRAR LIVROS MAIS BARATOS

Comprar livros é a minha maior perdição. Tinha prometido não comprar livros este ano, mas essa promessa já foi esquecida. Adoro comprar livros e compro imensos. Tenho os meus truques para comprar livros mais baratos. E poupar alguns euros.

Recentemente fui à feira do livro e trouxe vários para casa. Partilhei convosco num post (ler aqui). Para além dos livros recebidos de parceria com editoras, faço questão de comprar os meus livros todos em português. É uma forma de apoiar as editoras portuguesas, assim como apoiar os meus parceiros. É muito bonito receber livros, mas eu sou apoiante incondicional do que é feito em Portugal e tenho muito medo que as editoras entrem em falência. Como se dependesse de mim o seu sucesso. Eu sei que não é assim, mas faço a minha parte. Pelo menos, tento.

Para poupar alguns euros tento evitar a compra de livros sem promoção. Para mim 10% não conta. Precisa de estar a 20% no mínimo. Mas claro que existem excepções. Quando quero apoiar muito uma instagrammer que admiro, compro mesmo sem promoção. Como foi o caso da Maria, da Bloglogia. Ou da Carolina Paiva, a minha amiga dos livros. Também não resisto ir a um evento de um autor e não comprar o seu livro se ficar completamente encantada com a forma trata os seus leitores e fala nos seus livros. Como foi o caso do evento com o Sandro W. Junqueira, onde fui recentemente.

banda-desenhada-billboard

Mas afinal onde compro os meus livros?

  • O meu site preferido é a Wook. Sobretudo porque tenho sempre valor em cartão para gastar (através do link de afiliados, devido ao meu trabalho como criadora de conteúdo ou do valor dos portes que costumam ir para vale de compras). Agradeço imenso o vosso apoio nesse sentido porque me tem trazido oprotunidades que de outra forma seria impossível. Aproveito as promoções de 20% em novidades ou os descontos periódicos. Também costumam ter promoções especificas por gêneros, ou por autor. Os livros chegam sempre numa caixa de cartão, bem embalados e nunca tive problemas como estragos ou algo do gênero. Visito diariamente o site para ver os livros em pré lançamento e as promoções.

 

  • Já fui mais compradora no site da OLX. Mas cheguei a comprar muitos clássicos nesse site. Os preços são sempre mais baixos e valem a pena. Nunca tive problemas de pagar um livro e não receber, por exemplo. Quando não encontro um livro que eu quero na biblioteca, passo pelo OLX para procurar o título. Assim como em grupos no Facebook aque servem para isso mesmo. Também uso o serviço para vender os livros que eu não quero. Estão sempre a entrar livros cá em casa e não sinto necessidade de ter livros que não gosto muito, ou simplesmente sei que não fazem muita diferença na minha vida. A minha relação com os livros mudou imenso ao longo dos anos. E não sou nada agarrada aos livros. Só aos meus preferidos, claro.

 

  • Feira do Livro. Eu espero por este evento todos os anos para aproveitar os descontos de 50%. A hora H é uma perdição, foi onde comprei a maior parte dos livros. Estive na LEYA e na Elsinore. Não sendo a Elsinore minha parceira, acabei por gastar alguns euros porque sou simplesmente admirada do trabalho deles. Também fui a uma editora independente chamada Abysmo, mas acabei por comprar um livro por 18€. São excepções. Porque o ideal é aproveitar as promoções todas. Ir aos alfarrabistas. Procurar os livros a 5€,10€. Tantos euros poupados. Ver os livros do dia. Eu faço um mealheiro para gastar na Feira do Livro e nunca fiquei desiludida. Compro como se fosse ler tudo num ano, e não existisse feira no ano seguinte.

 

 

Este três lugares são os meus preferidos para comprar livros mais baratos. Uso muito a biblioteca para ler aquele livro que quero muito, mas não me apetece gastar dinheiro. Ou não posso gastar dinheiro. E quando poupo num livro da biblioteca, sei que estou a poupar para comprar outro noutra oportunidade. Investir em livros é muito importante. Adoro e não dispenso. Mas estou tentada em voltar com a promessa no próximo ano. Não comprar livros, ler da biblioteca. Mas depois penso, eu tento incentivar ao consumo de livros, não faz muito sentido eu não comprar livro, não é verdade? Talvez volte com o meu projeto 5+1. Aquele projeto que incentiva a ler e a comprar com moderação. Para ser tudo equilibrado.

 

Espero que tenham gostado deste texto. Já não escrevia sobre compra de livros há muito tempo e adorei. Adoro perder o meu tempo na escrita, na partilha. Boas leituras!

WOOK - www.wook.pt

Pode também gostar de...

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.