Opinião | A Vida Escondida Entre Livros, Stephanie Butland

 

Março 2019

Top Seller

Comprar livro

 

Comprei este livro porque foi sugerido por uma seguidora quando pedi indicações de títulos para ler brevemente. Juntei o útil ao agradável, ou seja, aproveitei o projecto Festejar o Livro para ler livros sobre livros. E para ser sincera, a capa chamou-me bastante a atenção.

 

As expectativas não eram as mais altas. Esperava um livro três estrelas, com romance à mistura e muitas referências literárias. Só falhei no que diz respeito ao romance. Este livro aparenta ser um livro fofinho, mas é mais do isso. Aborda questões muito actuais e pertinentes. Mas não vou relevar, para serem apanhadas de surpresa, como eu. Não estava nada à espera que o livro se revelasse uma história tão dramática.

 

Loveday é uma protagonista cativante e apesar de ser descrita como uma miúda meio gótica, tatuagens e afins, nunca consegui imaginá-la assim. Nem sempre mando na minha imaginação, tá? Não sei o que aconteceu, mas estava sempre a imaginar a moça como a loira da série You. Mas não é. Talvez nas inseguranças, não sei. Andei a ver a série e talvez tenha sido confusão da minha cabeça.

 

Loveday trabalha numa livraria depois de uma infância difícil, em casas de acolhimento, parece ter encontrado a paz de espírito. Mas tudo muda, durante o percurso da sua casa para a livraria. Encontra um livro perdido, que consequentemente, a faz conhecer o Nathan.  Pelo meio, surge um mistério por desvendar, um romance agridoce (para não chamar outra coisa) e muitas noites de poesia. Aposto que aqueles poemas perderam a força com a tradução.

 

Giro é o facto do livro estar dividido entre capítulos chamados de: poesia, história, crime. Sempre ligados à história que é contada posteriormente. Pormenores agradáveis. O rol de acontecimentos em vez de me cativar, afastou-se. Senti que o segredo fazia todo o sentido, e até me comovi, mas o final apressa-se e acaba numa mistela catastrófica.

 

Gostei das referências literárias e da mensagem. Não senti apego pelo livro com o desfecho, mas adorei o inicio. Fez-me sentir que estava a encontrar um livro apaixonante. E estava a ser, até deixar de ser. Lógico! Tenho saudades de ler um young adult (livros para jovens adultos) arrebatador. Mais uma vez, não foi o caso. Já li livros mais apaixonantes, mas instigantes e emocionantes. Quais? Espreita a lista: Os meus 10 YA preferidos

 

Recomendo o livro para quem gosta de livros deste género. Não é água com açúcar, nem nada muito elaborado. Lê-se bem.

Comprar livro

Pode também gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.