Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Ter | 13.03.18

PARA QUEM VAI PARTICIPAR NO #CLUB6AM ( OU #6AMCLUB)

Cláudia Oliveira

InstaFit_20180313_13563312.jpg

 

Nunca pensei que tanta gente quisesse mudar os seus hábitos. Nunca pensei que partilhar esta mudança na minha vida trouxesse tantas histórias e inspiração. Eu estava realmente reticente, muito reticente. Foi a medo que revelei nos Instastories o que andava a fazer. Mas não estou sozinha.

 

Algumas já acordam a esta hora, outras querem começar a ler depois de serem mães, algumas querem começar a fazer exercício ou ter motivação. É este o fascínio que encontro em continuar a escrever e partilhar no blog/canal. Eu acredito que podemos moldar os nossos hábitos e criar novos hábitos. É como sair da toca, aprender a andar. No inicio damos tudo, depois acaba enraizado.

 

Estou no nono dia desta nova rotina matinal, mesmo com frio e chuva, o corpo começa a encontrar o seu novo ritmo. As dores que sinto no corpo devido aos exercícios deixam-me feliz. Há demasiado tempo que não exercitava o meu corpo. Ele bem que se queixava, gritava por alongamentos e exercícios para tonificar. Deixem chegar o bom tempo, é ver-me de patins nos pés a abraçar o sol pela manhã.

 

O medo de começar. É esse o maior obstáculo colocado por nós mesmas. Mas não devemos ter medo quando os benefícios são maiores, não é verdade? Tentar não custa, só para ver se realmente vale a pena, se vemos diferenças na nossa vida. São apenas trinta dias. Entreguem tudo. Sem medos. O pior que pode acontecer é ficarmos a dormir.

 

Recebi um comentário com um aviso em relação às doenças devido à privação de sono.  Segundo estudos devemos dormir sete horas. Deve ser levado em conta, mas presumo que vocês saibam disto, não é? Também já vi que isso é mito, o meu médico diz o mesmo. Depende de cada organismo e das suas necessidades. Apesar sermos responsáveis e adultos fica a sugestão para moldarem a vossa rotina noturna de forma a não sentir cansaço, nem ficarem doentes.

 

Pessoalmente não sinto necessidade de dormir sete horas todos os dias. Depende do ritmo do meu dia. Como as aulas terminam tarde nem sempre é possível dormir às dez. No entanto, cheguei a dormir dez horas e passar o dia muito cansada. Também dormi, durante muito tempo, oito horas mal dormidas quando os meus filhos eram mais pequenos. Recomendo que leiam este livro porque ele também dedica uma parte à importância da alimentação. Está tudo relacionado.

 

Outra recomendação é a hidratação assim que acordam. Bebam água. Eu lavo o rosto com água fria e bebo um copo de água, sinto-me logo pronta para realizar os seis passos. No momento da leitura bebo um chá. Tem sido muito proveitoso ler de manhã. Adaptem os passos, mudem o tempo, a ordem, retirem um, coloquem outro.

 

Esta partilha teve uma motivação: motivar alguém. Seja para começar a ler, escrever aquele livro no fundo da gaveta, caminhar. Algo bom, cultivar bons hábitos. Reclamar é fácil, dizer que não temos tempo também, mas precisamos de ter noção que podemos mudar um bocadinho. Não cair no erro de assumir que temos de fazer o mesmo durante toda a nossa vida. Relembrando, obviamente, das realidades diferentes de cada um. Acho que não preciso de estar sempre a dizer isto, mas de vez em quando recebo comentários tão rudes que fico perplexa.

 

Vamos malta, preparem o vosso caderninho ou agenda, vamos fazer algo por nós.

 

 

goodreads twitter instagram facebook wook

4 comentários

Comentar post