Publicado em 10 comentários

Parceria com editoras

Na semana passada fui contactada por uma editora via Facebook, queria o meu e-mail pessoal de forma a apresentar uma proposta de parceria. Dei. Com algumas pesquisas percebi que a editora era brasileira, instalada no Brasil. Informei no e-mail que era portuguesa e vivia em Portugal. Algo fácil de perceber com poucas pesquisas por parte da editora. No entanto, voltaram a responder-me com um breve questionário de forma a conhecerem os meus gostos literários. Na parte de informações adicionais voltei a colocar que era portuguesa e vivia em Portugal. Alguns minutos depois responderam: “obrigada por nos informar que vive em Portugal, nesse caso o seu nome e contacto ficará na base de dados caso algum autor queira enviar um livro para Portugal”.

Adoro. Fazem propostas sem pés nem cabeça, sem qualquer tipo de pesquisa. Assim está bem. Enviar livros só por enviar é tão mau. Ao longo de vários vídeos visualizados no Youtube nos diversos canais brasileiros percebo que várias editoras enviam livros e esses não são lidos. É só para aparecerem cinco segundos num vídeo ou para um post perdido entre mil. Era tão bom que fizessem alguma selecção, sobretudo de acordo com os gostos do blogger ou booktuber. Enviar dez livros para uma pessoa que lê apenas dois livros por mês é um desperdício, uma loucura. E triste. 

10 comentários em “Parceria com editoras

  1. Se calhar são muito ocupados.
    Mudaste a casa e ficou bem bonita

  2. Realmente tens toda a razão..
    PS: Gostei do novo template 😉

  3. Às vezes recebe-se uns emails um bocadinho estranhos do Brasil. Já me pediram para enviar o “mídia kit com os valores publicitários”, como também me pediram para comprar um livro e enviar para o Brasil e que “pagariam pelos meus serviços ou compravam um livro e enviavam para mim” (pois sim)… parecem que não fazem “o trabalho de casa”

  4. Olá Cláudia,
    A tua casinha está linda adorei a mudança.
    Eu gostava de ter editoras a enviar livros mas editoras portuguesas, mas não sei como contactar com elas. Então compro todos os meus livrinhos.
    Boas leituras.

  5. Cláudia, não sei que editora foi essa que fez contato com você, mas as editoras sérias tem sim processos seletivos de parceiros. Eles analisam cada blog, cada canal do YouTube e selecionam os que mais tem a ver com o perfil da empresa. Mas é claro que há editoras não tão sérias…

  6. Este foi o contacto mais estranho de sempre. O que contaste nunca aconteceu comigo…

  7. O melhor é esperar ser contactada ou enviar um email informativo sobre os dados do blog/canal do youtube. Também compro os meus livros, são muito raras as minhas parcerias.
    Boas leituras!

  8. Sim, acredito que sejam selectivas (algumas), infelizmente existem maus profissionais em todas as áreas. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.