“A uma pessoa sem não chama-se maneta, sem visão chama-se cega, sem inteligência chama-se burra, sem vida chama-se morta – como chamamos a alguém sem outro? Sozinho? Não descreve. Sugere escolha ou azar, um problema relativo e uma certa conformidade. Bom que fosse.”