Publicado em Deixe um comentário

Os textos mais lidos

Este ano criei muito conteúdo. Escrevi trinta listas durante o mês de Agosto, um projeto que dei o nome de LEDA (list every day in August). Deu-me imenso gozo e pretendo repetir em 2019. Escrevi e partilhei imenso. Foi um ano de muita dedicação. Partilho convosco a lista dos textos mais lidos e procurados neste blog ao longo do ano.

Acho interessante o facto do texto sobre a criação de um clube literário estar no top de mais lidos, sendo que foi um ano de surgimento de muitos clubes literários. A lista da Rory continua sempre no top de mais lidos. O texto que mais comentários desagradáveis recebeu está em terceiro lugar, o pior livro que eu já li. O texto que mais me surpreendeu, foi a opinião em relação ao livro de Victor Hugo.

A lista:

18 ESCRITORAS PORTUGUESAS CONTEMPORÂNEAS 

Lista Traduzida Completa | Desafio de Leitura de Rory Gilmore

ESTE LIVRO MEDÍOCRE VENDEU IMENSO | A ARTE SUBTIL DE SABER DIZER QUE SE F*DA –

METAS E OBJETIVOS PARA 2018

CRIAR UM CLUBE DE LEITURA E SUGESTÕES DE CLUBES DE LEITURA

LUGARES EM PORTUGAL PARA DESCOBRIR E USUFRUIR 

“O JARDIM DAS BORBOLETAS” | DOT HUTCHISON

JÁ CONHECEM O ÚLTIMO LIVRO DE AUGUSTO CURY?

6 LIVROS COM SABOR A MAR

O Ano da Morte de Ricardo Reis | José Saramago

OS MEUS ESCRITORES PORTUGUESES PREFERIDOS

OS CEM MELHORES POEMAS PORTUGUESES DOS ÚLTIMOS CEM ANOS | ORGANIZADO POR JOSÉ MÁRIO SILVA

6 FACTOS SOBRE A MINHA RELAÇÃO COM OS LIVROS

Autores Portugueses Contemporâneos

“NOSSA SENHORA DE PARIS” | VICTOR HUGO

COMO É QUE EU LEIO TANTO COM DUAS CRIANÇAS PEQUENAS?

OS MEUS 10 YA (YOUNG ADULT) PREFERIDOS

“ADEUS, COISAS” | FUMIO SASAKI

Publicado em Deixe um comentário

Os 5 Melhores Livros Infanto-juvenis de 2018

Histórias Para Rapazes Que Ousam Ser Diferentes, Ben Brooks (comprar livro)

 

Uma extraordinária compilação de 100 histórias de homens famosos e não muito famosos, do passado até aos nossos dias, que tornaram o mundo num sítio melhor através do altruísmo, da generosidade e da autoconfiança.

Histórias de: Barack Obama, Bill Gates, Christopher Paolini, Confúcio, Daniel Radcliffe, Dynamo, Galileu Galilei, Rei George Vi, Jamie Oliver, John Green, John Lennon, Lionel Messi, Louis Armstrong, Mahatma Gandhi, Neil Degrasse Tyson, Nelson Mandela, Oscar Wilde, Ralph Lauren, Roald Dahl, Salvador Dalí, Siddhartha Gautama, Stephen Hawking, Steven Spielberg e Vincent Van Gough.

 

 

A Menina Que Queria Salvar os Livros, Klaus Hagerup (comprar livro)

 

 

 

 

 

A Anna tem quase 10 anos e adora ler. A sua paixão pelos livros é tal que passa a maior parte do tempo livre na biblioteca e a sua melhor amiga é a bibliotecária Monsen. 
Um dia, porém, a Sr.ª Monsen conta algo absolutamente devastador: 
Os livros que ninguém lê são destruídos. 
Só Anna pode evitar a tragédia que seria perdermos o acesso a todos esses mundos e personagens mágicos. 
A história poderosa de um amor inspirador e sem limites: o amor pela literatura.

 

 

 

 

 

 

 

 

Truz-Truz Quem é?, Natalina Cóis (comprar livro)

 

“Truz Truz! 
Quem é?! 
É a menina pequenina que tem uma meia rota no pé!” 

Assim começa esta pequena grande adivinha, uma lengalenga cheia de humor, que dá vida a um bairro e a todas as personagens fascinantes que podemos encontrar no nosso dia a dia. 
Vais abrir a porta?

 

 

Tek, Patrick McDonnell (comprar livro)

 

Tek é um menino das cavernas que adora tecnologia: tablets, jogos, telemóveis e televisão mantêm-no na caverna, de dia e de noite, colado a todos estes aparelhos. 

Já nem vê os amigos nem a família e as suas capacidades de comunicação reduziram-se a uma palavra: 
GRR! 
Será que alguém o conseguirá convencer a desconectar-se, sair e conhecer o nosso mundo fantástico? 

Uma leitura num formato diferente, que evoca o uso de novas tecnologias, que acabam por ficar sem bateria e desligar-se… Mas, com a magia ao virar da página, Tek (e o leitor) voltam a conectar-se ao mundo real.

 

 

Adoro Ser a Irmã Mais Velha, Amy Krouse Rosenthal (comprar livro)

 

Eis a grande notícia: a menina vai ter um irmãozinho! 
Descobre com ela como é maravilhoso ser a irmã mais velha, enquanto toda a família se prepara para celebrar o momento de trazer o bebé para casa.

 

 

story_1545401645640.jpg

 

Publicado em 1 comentário

As Melhores Leituras de 2018 (e outras recomendações)

Vamos às melhores leituras deste ano. Foi um ano brutal, conheci escritores excelentes e li livros maravilhosos. Criei projetos de leitura que me incentivaram e trouxeram a possibilidade de encontrar histórias inesquecíveis, personagens amadas e novos autores preferidos. Foi o ano que me trouxe mais novidades e me trouxe os maiores desafios literários.

 

 

Quando estive a ver as minhas leituras e escolhi os preferidos acabei com um conjunto de 12 livros. Coloquei os títulos por ordem decrescente. Dos livros que amei aos que super amei. Foram os livros que mais marcaram a diferença e provocaram vários sentimentos. Aqueles super queridos que recomendo de olhos fechados. No final do texto deixei outro conjunto de títulos que recomendo igualmente apesar de não serem os meus favoritos do ano. São leituras com muita qualidade, irão fazer as delicias dos seguidores deste blog.

 

 

IMG_20181205_103546.jpg

 

 

 

12- Manhãs Milagrosas, Hal Elrod (opinião) (comprar livro)

 

Inspirada no livro “Manhãs Milagrosas” decidi experimentar o método sugerido pelo Hal Elrod e estou apaixonada pelos meus dias. Nunca pensei dizer isto, mas este livro mudou parte da minha vida. Para melhor!

 

 

11- Pequenos Fogos Em Todo o Lado, Celeste Ng (opinião) (comprar livro)

 

Nas primeiras páginas somos confrontados com um episódio trágico. Esse momento será explicado ao longo da história através do desenvolvimento das personagens. O enredo não perde a força, pelo contrário. Gostei muito, muito, muito.

 

 

10- Chama-me Pelo Teu Nome, André Aciman (opinião) (comprar)

 

Quantos pais precisam de ler este livro? A narrativa chega a ser poética tal a força da paixão. E ao contrário do que foi dito por mim, o filme não é melhor. O filme é uma obra prima. O livro outra. E aqui começa outra discussão, o que é uma obra prima? Para mim, é a perfeição que une a história, narrativa e a intensidade da sua leitura. O que eu sorri e chorei com este livro.

 

 

9- O Meu Irmão, Afonso Reis Cabral (comprar livro)

 

Tive uma grande surpresa com este livro. Fui impactada por esta história e pela maturidade da escrita deste escritor. Adorei! É inesquecível.

 

 

8- Mindhunter -Caçador de Mentes, John Douglas (opinião) (comprar livro)

 

Uma mão cheia de psicologia, explicações e detalhes interessantíssimos. Este livro é excepcional, acrescenta conhecimento e deixa um fascínio pela mente humana em qualquer leitor. Um dos meus preferidos deste ano, super completo, instigante e com uma narrativa que nos prende do inicio ao fim. Super recomendo.

 

 

7- Dois Irmãos, Milton Hatoum (opinião) (comprar livro)

 

Um drama familiar incrível que nos leva pela mão e nos deixa um sentimento agridoce. A escrita é impecável e o livro mais do que recomendado. Um autor que pretendo ler mais no futuro.

 

 

6- Crónicas do Mal de Amor, Elena Ferrante (opinião) (comprar livro)

 

Super recomendo. É um senhor livraço. Leiam Elena Ferrante. Não há uma forma correta para começar a ler esta escritora. É começar, só isso.

 

 

5- Viagem ao Sonho Americano, Isabel Lucas (opinião) (comprar livro)

 

Super recomendo este livro para quem gosta de livros de não fição, tem um fascínio pela América e gosta de livros de road trip. Para quem não gosta também pode arriscar sair da zona de conforto, é um trabalho de muita qualidade que merece ser lido e partilhado.

 

 

4- Raposa, Dubravka Ugresic (opinião) (comprar livro)

 

Foi o melhor livro que li para o projeto Do Quarto para o Mundo, e também o mais exigente. Recomendo para leitores que gostam de filosofia, referências político sociais e livros exigentes.

 

 

3- Som e a Fúria, William Faulkner (opinião) (comprar livro)

 

Leitura para o Clube dos Clássicos Vivos. Foi o livro mais desafiante deste ano. Umas das melhores experiência de leitura da vida. Que clássico maravilhoso.

 

 

2- Se Esta Rua Falasse, James Baldwin (opinião) (comprar livro)

 

O final é a cereja no topo do bolo. Intenso e perspicaz deixou-me completamente atordoada e emocionada. Obrigada à editora Alfaguara por ter trazido este autor para Portugal. Uma história fabulosa que ninguém deve perder. Um dos meus preferidos deste ano, sem dúvida. Livraço!

 

 

1- Estou viva, estou viva, estou viva, Maggie O´Farrell (opinião) (comprar)

 

Se deixares passar este livro vais perder um grande livro, uma grande escritora. Este é o meu livro preferido de 2018. Dou por mim a pensar nele todos os dias, a querer escrever daquela forma e ainda a fazer listas das minhas experiências pessoais onde a morte me sussurrou aos ouvidos. Leiam, e se não gostarem, a culpa é vossa, deitados numa redoma de vidro sem pisar os perigos da vida. Viva a vida, estamos vivos!

 

 

Também recomendo os seguintes títulos porque são bons bons:

 

As Benevolentes, Jonathan Littell

 

Desaparecer na Escuridão, Michelle McNamara

 

Como Ser Uma e Outra, Ali Smith

 

A Resistência, Julian Funks

 

Conflito Interno, Kamila Shamsie

 

O Poder, Naomi Alderman

 

Laços, Starnone Domenico

 

O Pai da Menina Morta, Tiago Ferro

 

Alçapão, João Leal

 

 

Aproveitem os 20% de desconto na Wook até dia 16 deste mês.

 

 

Publicado em 4 comentários

A PALAVRA QUE EU ESCOLHI PARA 2018

A palavra do ano 2018

Como aconteceu o ano passado resolvi escolher uma palavra que suportasse todos os meus objetivos. Em 2017 queria focar-me nas minhas poupanças e resolvi colocar as minhas energias nisso. A palavra escolhida o ano passado foi “Poupança”. Correu tão bem!

 

 

Este ano vou mudar o meu foco para o lado profissional. Quero mais. Quero trabalhar afincadamente para isso. Portanto, chegou a hora de colocar a meta bem à frente dos olhos. Acho importante seguirmos o nosso caminho e ouvirmos a nossa voz. Com a verdade podemos destacar o que temos de melhor e transformar os nossos dias.

 

 

Podemos alcançar os nossos objetivos com muita força de vontade e brio. É nisso que me agarro quando trabalho e estudo diariamente para produzir algo nesse sentido. Dedicação e esforço, porque ninguém vai a lado sem deixar a preguiça de lado. Nisso eu sou excelente, não sou de todo preguiçosa. Sou batalhadora e persigo os meus sonhos. Mas tenho perfeitamente a noção que posso melhorar. Para isso preciso de dar novos passos, foi nesse sentido que escolhi a palavra no próximo ano.

 

 

ARRISCAR será a palavra que irá acompanhar-me em 2018. Arriscar nos meus projetos, ideias. Dizer mais “SIM” (depois das limpezas deste ano está na hora de começar a aceitar o melhor) a eventos, viagens, desafios, pessoas. Deixar a timidez de lado e avançar sem medos. Arriscar nos meus desejos profissionais e ambição. Encher o peito de ar e partir à aventura. Prefiro tentar do que olhar para trás e ver que fiz pouco. Parar com os complexos, pegar em tudo o que este ano me deu de bom e voar. Preciso de largar aquilo que me segura e insiste em ir contra a minha ambição. Mas cuidado, sempre com os pés assentes na terra. Não fosse eu uma pessoa ponderada (talvez demais, daí o ARRISCAR mais).

 

 

Como é que cheguei a esta palavra? Numa folha em branco coloquei as palavras chave dos meus planos gerais. Das palavras chave juntei tudo e tentei descobrir o que precisava de fazer para concluir com sucesso cada um. E voilá, ARRISCAR  tornou-se numa prioridade.

 

 

Estou preparada para 2018. Cheia de força de vontade. Ano novo, vida nova. Venha ele!

 

 

 goodreads twitter instagram facebook

 

 

 

 

Publicado em 13 comentários

METAS E OBJETIVOS PARA 2018

Hello New Year

 

 

 

Chegou aquele momento do ano de fazer o balanço de 2017 e criar uma lista de metas e objetivos para 2018. No final do ano agarramos na lista e voltamos a fazer o balanço.

 

 

Escolhi planos simples para a vida escolher o resto por mim. Escolhi coisas que dependem de mim para serem cumpridas. Com sonhos alcançáveis.

 

 

 

Ser mais flexível comigo e com os outros

 

Dar prioridade à saúde

 

Comer melhor, preparar as marmitas semanalmente

 

Deixar o telemóvel fora do quarto na hora de ir para a cama

 

Começar a andar de patins

 

Terminar o primeiro ano do curso com sucesso

 

Ler menos

 

Mais cultura na minha vida (eventos, exposições, concertos, museus, feiras arte, cinema)

 

Conhecer mais uma capital mundial e fazer uma viagem em grupo

 

Usar bastante as minhas agendas e o Bullet Journal

 

Só comprar 5 peças de roupa por estação

 

5+1 , após cinco leituras concluídas compro livro

 

52 semanas de poupança

 

 

Tenho outros planos, mas prefiro só partilhar quando alcançar o pretendido. Não se esqueçam que não devem partilhar tudo. A mente gosta de colocar como executado as metas quando estas são partilhadas e divulgadas. Sugiro que coloquem as vossas metas bem visíveis (na agenda, bullet jornal, escritório, telemóvel) de forma a baterem os olhos regularmente ao longo de 2018. E acreditem ou não, algumas pessoas não querem o vosso bem. Convém guardar algumas coisas. Segredos são sempre bem-sucedidos.

 

 

Desejo a todos um excelente ano, uma lista de metas concretizadas e boas energias para os novos 365 dias da vossa história.