Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

10.07.18

VIRTUDES DA IMAGINAÇÃO

Cláudia Oliveira
De todas as escritoras de thrillers que apareceram nos últimos anos a minha preferida é a Gillian Flynn. Em Parte Incerta impressionou-me de tal forma que li tudo o que foi traduzido em Portugal. A semana passada estreou a série na HBO, adaptação do seu romance Objetos Cortantes. Conta com a Amy Adams como protagonista e tem oito episódios. Acabei de ver o primeiro episódio e adorei. Apesar de já saber como tudo termina sinto algum nervosismo para ver como vão passar para o ecrã (...)
20.06.18

ANTESTREIA NO EL CORTE INGLÊS | A LIVRARIA

Cláudia Oliveira
 Ontem tive a oportunidade de ir à antestreia do filme A Livraria. Estive muito bem acompanhada e foi super divertido reencontrar as queridas pessoas dos livros. Deu para meter a conversa em dia, contar algumas histórias e soltar gargalhadas. Quanto ao filme, que é o que me traz agora a este texto, conquistou aos poucos ao longo da trama. No inicio não senti grande entusiasmo, mas conforme a história se desenvolveu criei ligação com as personagens e acabei por ficar surpreendida (...)
10.05.18

ANTESTREIA COM UCI - EL CORTE INGLÊS | "A SOCIEDADE LITERÁRIA DA TARTE DE CASCA DE BATATA"

Cláudia Oliveira
  Ontem fui à antestreia do filme "A Sociedade Literária da Tarte de Casca de Batata" no El Corte Inglês. O filme estreia hoje nas salas de cinema portuguesas. Para quem não conhece, é a adaptação de um romance das autoras Mary Ann Shaffer e Annie Barrows. Um romance epistolar publicado em 2010 pela Suma de Letras. Ganhou uma capa nova alusiva ao filme como é habitual com a estreia do filme.    Antes do filme, um welcome drink com Gin Sharish e um Tarte de Batata pelo chef (...)
02.03.18

APOSTAS | OSCAR 2018

Cláudia Oliveira
  Chegou aquela altura do ano de fazer as devidas apostas para o Oscar. A cerimonia acontece dia 4, é este domingo. Vi tudo o que queria ver e estou pronta para opinar com conhecimento de causa. Não sou critica de cinema, não sou expert, não desejo ser, mas gosto de fingir que sim. Como a maioria, não é verdade? De médico e critico todos temos um pouco. Não é assim, mas passa a ser. Ao contrário da maioria não vou fazer aquele típico “acho que vai ganhar” vs “quero que (...)
01.03.18

CORRESPONDÊNCIAS | OPINIÃO E PASSATEMPO

Cláudia Oliveira
  Durante esta semana fui até ao Cinema Ideal para assistir ao filme Correspondências realizado por Rita Azevedo Gomes. O filme é baseado nas correspondências entre Sophia de Mello Breyner e Jorge de Sena durante 1957 e 1978, o período de exílio deste último.  Dedicada ao meu projeto Ler Poesia, sobretudo pela poesia de Sophia de Mello Breyner, fui levada até ao cinema para visualizar este filme. Outro aspeto que me interessou bastante foi o facto de ser um filme realizado por (...)