Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

17.11.14

Amálgama | Rubem Fonseca

Cláudia Oliveira
Bom dia. Acordei e li “Amálgama” de Rubem Fonseca. Sem parar. São contos, nem toda a gente gosta de contos. Eu gosto. Sobretudo contos crus, reais, violentos. Há uns tempos atrás li algo do autor, mas nem gostei muito. Sabes quando um livro puxa pela manga da tua camisola na esperança de chamar atenção como fazem as crianças? “Amálgama” fez isso comigo. Puxou, puxou. Cedi.Este livro está cheio de personagens interessantes e passagens incríveis. Vontade de sublinhar tudo. (...)