Um pouco de cinema com “Café de Flore”

Vi o filme de madrugada, numa daquelas noites de insónia. No final, não consegui adormecer devido ao impacto que o filme teve em mim.

A história é fora do comum, nunca tinha visto nada parecido. Duas histórias que à primeira vista nada parecem estar ligadas, o final desmente. A primeira história passa-se em 1969, é a vida de uma mulher com um filho com síndrome de Down. A outra história passa-se na actualidade com um dj.

Garanto-vos que é arrepiante, e muito muito muito bom. Entrou para o meu top de preferências de sempre. E mais não digo. Se gostam de cinema este filme vai agradar-vos. Se foram pais recentemente vão ficar arrepiados até à espinha.

Pode também gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.