Publicado em 2 comentários

Um Pouco de Cinema Com… Ninfomaníaca I e II

 

Um filme bom, com diálogos bons (sobretudo na primeira parte) e cenas chocantes (sobretudo na segunda). A ninfomaníaca é encontrada no inicio do filme cheia de hematomas caída num beco. Um homem encontra-a. Leva-a para uma casa para ajudá-la a recuperar. Começa a história. Ela vai contar como é má, como não merecia piedade de ninguém. Ele escuta-a e intervém várias vezes. Este filme tem várias cenas de sexo, não é aconselhado a menores. Também cenas de violência. E há ali uma cena na segunda parte que é de ficar incrédula, quando ela desculpa um pedófilo (e ainda justifica).

Gostei do filme (sobretudo da primeira parte) e daquele final. Tirei as minhas próprias conclusões. A manda no seu corpo, seja lá como for. Um vício não é motivo para toda a gente usar e abusar.

O filme é extenso, por isso vi em três vezes. Tem poucas partes chatas.

Se gostas de filmes chocantes, controversos e fortes, vê.

2 comentários em “Um Pouco de Cinema Com… Ninfomaníaca I e II

  1. Possuo este filme no meu PC, todavia, creio que este é um REMAKE certo?
    Não estou a reconhecer nenhuma das personagens, todavia, a história parece ter seguido a linha de raciocínio do que eu possuo. É – efectivamente – um filme algo perturbador. Vi-o por uma razão óbvia da minha existência que não me coíbo de expor aqui. A minha mãe veio da alta burguesia. Formou-se em línguas germânicas, todavia, transformou-se numa mulher de rua. Em 1978 deu-se a sua prisão devido a consumo de drogas e prostituição. Perante os juízes, assistentes sociais e psiquiatras que a seguiram ao longo de um ano na cadeia de Custóias apenas existia uma razão para uma mulher de ” boas famílias e formada ” se ter transformado no que se transformou : Ninfomaníaca ! O meu interesse pelo filme adveio dai ! Em vida, nunca tive coragem de questionar a minha mãe acerca de tal. Este filme, muitas das vezes, choca-nos e não é recomendável a mentes sensíveis !

  2. Uau, que história!
    Não sei se é remake, só conheço esta versão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.