Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Qui | 29.12.16

"Virou filme" : "A Luz Entre os Oceanos"

Cláudia Oliveira

 

 

 

O romance da autora M.L. Stedman virou filme. Estreou hoje. E vocês precisam de ver! 

 

A interpretação dos actores Alicia Vikander e do actor Michael Fassbender é intensa. Traz força à história que por si só é forte. A fotografia é maravilhosa. O guarda-roupa igualmente. 

 

Uma mulher que após abortos, encontra uma criança naufragada ao lado do pai morto. Após muita insistência, consegue convencer o seu marido a ficar com a criança e criá-la como se fosse sua. O problema é quando a verdadeira mãe aparece. Uma história de amor divida entre valores morais e a fé.

 

Emocionei-me com o filme. Muito. Mexeu tanto comigo que comecei a ler o livro imediatamente. Queria continuar na história, queria entender melhor a cabeça daquelas mulheres. Valeu a pena ler o livro. Vale quase sempre. Foi uma leitura apaixonante, dentro dos seus clichés, das suas descrições maravilhosas da ilha e do farol. Realmente a autora consegue passar muito bem o clima da história. O cheio do mar, a natureza, o vento cortante. O livro não tem a mesma força, tem partes aborrecidas que quase me fizeram desligar da história, mas ao mesmo tempo queria saber mais sobre ela. E ainda tenho a história comigo. Não há nada melhor.

 

O filme é superior e imperdível. Levem lenços de papel, vão precisar. Não dá para ficar indiferente. Eu só pensava, e se fosse comigo? Ficaria com a criança? Esconderia uma mentira? Como seria ver arrancado dos meus braços o meu filho pequeno? Enfim, várias perguntas. Todos os personagens têm camadas, são muito reais. 

 

Leia o livro e vejam este filme. Uma adaptação fiel, diria superior, do livro. 

 

livro 4 estrelas

filme 8 estrelas

 

10 comentários

Comentar post