Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amulherqueamalivros

Banner billboard da campanha 50 livros com 50% desconto
Qui | 28.06.18

YORO | MARINA PEREZAGUA

Cláudia Oliveira

IMG_20180628_164901.jpg

 

 

Yoro deixou uma marca em mim. A audácia e inteligência da escritora Mariana Perezagua é tão evidente ao longo da narrativa que é impossível não ficar de queixo caído.  Tive a sensação que ela estava na primeira fila dos acontecimentos e conhecia detalhes que mais ninguém suspeitava em relação ao sofrimento daqueles que lidaram com a bomba de Hiroxima. 

 

Fui completamente atropelada pelo sofrimento da protagonista, H.. Alguém que nasceu com os dois sexos, criada como homem, mas sempre se sentiu mulher. Uma pessoa que vê a sua vida transformada depois do ataque nuclear. Alguém que deseja profundamente ser mãe e livrar-se dos seus traumas. Ler este livro é como cair num buraco profundo de angustia, numa espiral de emoções sem um pingo de esperança. 

 

Podia referir todos os outros temas abordados neste livro. São imensos e completam-se como um puzzle. Mais uma vez a audácia desta escritora a conseguir um enredo complexo e harmonioso entre si. Vou deixar a descoberta para os leitores curiosos. Fica desde já a ponta do véu levantada e espero que atraia mais leitores para este grande tesouro da literatura. Estou mesmo impressionada!

 

Para uma opinião mais completa, recomendo o post da Alexandra. A culpada pela leitura deste livro. 

5 comentários

Comentar post